Procura do consumidor por crédito sobe 2,0% em junho, mas acumula queda de 11,6% no ano, diz Boa Vista SCPC

A procura do consumidor por crédito em todo o país teve alta de 2,0% em junho, descontados os efeitos sazonais, de acordo com dados da Boa Vista SCPC. No acumulado do ano (janeiro/15 a junho/15) a demanda por crédito caiu 11,6%, mesmo percentual registrado na tendência de longo prazo, avaliada pela variação acumulada em 12 meses (julho/14 até junho/15 contra os 12 meses antecedentes). Já na avaliação interanual (junho/15 contra junho/14) o recuo foi de 10,9%.

Considerando os segmentos que compõem o indicador, expurgados os efeitos sazonais, a procura do consumidor por crédito nas instituições financeiras subiu 4,8% na análise mensal, enquanto para o segmento não-financeiro a alta foi de 0,2%, mantida a base de comparação.

procura1

O consumidor tem sido mais cauteloso em tempos de incerteza econômica. Como consequência, a procura por crédito vem desacelerando consecutivamente desde meados do segundo semestre de 2014, resultado observado na tendência de longo prazo (verificada pela variação acumulada em 12 meses). Ademais, os fatores macroeconômicos também têm contribuído decisivamente para piora do índice ao longo dos últimos meses. Fatores como alta das taxas de juros, inflação consistentemente elevada e piora do mercado de trabalho são apenas algumas das variáveis condicionantes deste cenário. Assim, levando em consideração o ambiente macroeconômico para 2015, uma inflexão da tendência da procura por crédito somente se concretizará com a melhoria da confiança na economia, cenário factível após a consolidação dos ajustes de política monetária e fiscal, atualmente em curso.

Abaixo, a tabela contendo o resumo dos dados apresentados no texto.

procura2

Comentários

comentários