Após 17 meses em queda, pedidos de falência acumulam alta de 0,8%, revela Boa Vista SCPC

Os pedidos de falências aumentaram 0,8%, em todo o país, no acumulado em 12 meses, após 17 quedas consecutivas nessa comparação, de acordo com dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Em janeiro de 2015, o número de pedidos de falências recuou 13,2% em relação a dezembro de 2014.

Já as falências decretadas registraram aumento de 11,1% em janeiro deste ano, em relação ao mês anterior. Na comparação com janeiro de 2014, diminuíram 1,6%.

Na variação interanual (jan/15 contra jan/14), os pedidos de recuperação judicial cresceram 20,8% e as recuperações judiciais deferidas registraram alta de 52,6%. A tabela 1 resume os dados.

fal1

Apesar dos pedidos e dos decretos de falências encerrarem 2014 em patamares menores que os de 2013, a Boa Vista SCPC acredita que a persistência de um cenário de baixo crescimento econômico, o aumento nas taxas de juros e a manutenção de restrições ao crédito devem piorar a solvência das empresas ao longo de 2015.

A série histórica do indicador está disponível em: http://www.boavistaservicos.com.br/economia/falencias-e-recuperacoes-judiciais/

Metodologia

O indicador de falências e recuperações judiciais é construído com base na apuração de dados mensais de ocorrências (requerimentos e decretações) registrados na base de dados da Boa Vista SCPC, oriundas dos fóruns, varas de falências e dos Diários Oficiais e de Justiça dos estados. A série histórica desse indicador tem início em 2006.

Comentários

comentários