Pedidos de falência crescem 2,1% em maio, mas acumulam queda de 4,6% no ano, diz Boa Vista SCPC

Os pedidos de falências cresceram 2,1% em maio na comparação com abril, de acordo com dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), com abrangência nacional. No acumulado do ano, no entanto, os pedidos recuaram 4,6%. Em relação ao mesmo mês do ano anterior, os pedidos permaneceram estáveis.

As falências decretadas, por sua vez, aumentaram 11,0% no acumulado de 2014, em comparação ao mesmo período de 2013, apresentando uma aceleração no crescimento quando comparado aos números acumulados em abril. Na comparação interanual, houve aumento de 33,8%, enquanto que em relação ao mês anterior subiu 98,0%.

Os pedidos de recuperação judicial cresceram 22,1% e acumulam 11,1% no ano. As recuperações judiciais deferidas diminuíram 7,7% na mesma base de comparação. A tabela 1 resume os dados.

falencias1

 

Os pedidos de falências continuam apresentando números menores quando comparados ao mesmo período do ano anterior. Com o cenário econômico ainda incerto em 2014, os pedidos de falências dificilmente se manterão menores do que os de 2013.

Podemos observar também volta da aceleração no crescimento das falências decretadas e dos pedidos de recuperações judiciais.

Metodologia

O indicador de falências e recuperações judiciais é construído com base na apuração de dados mensais de ocorrências (requerimentos e decretações) registrados na base de dados da Boa Vista Serviços, oriundas dos fóruns, varas de falências e dos Diários Oficiais e de Justiça dos estados.

Comentários

comentários