movimento

Movimento do Comércio cai 5,6% no 1º semestre, afirma Boa Vista SCPC

De acordo com os dados do varejo apurados pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), o Movimento do Comércio caiu 5,6% no primeiro semestre do ano, na comparação contra o mesmo período do ano anterior. Na avaliação dos dados com ajuste sazonal, junho apresentou avanço de 2,0% frente a maio. Já na avaliação dos valores acumulados em 12 meses (desde julho de 2015 até junho de 2016 contra os 12 meses antecedentes), a queda observada foi de 5,3%. Na comparação mensal contra o mesmo mês do ano anterior, houve queda de 1,1%. 

Apesar das dificuldades que ainda permeiam o cenário econômico brasileiro, tais como juros elevados, mercado de trabalho em deterioração e inflação alta, na avaliação interanual os dados de junho apresentaram quedas mais amenas que as dos demais meses do primeiro semestre. Caso o cenário mais benigno apontado pelas projeções de mercado se consolidem, possivelmente poderemos visualizar nas próximas aferições do varejo uma inflexão do atual movimento de queda, conforme apontado pelos resultados acumulados em 12 meses.

Setores

Na análise mensal, dentre os principais setores, o setor de “Móveis e Eletrodomésticos” apresentou elevação de 4,9% entre maio e junho, descontados os efeitos sazonais. Nos dados sem ajuste sazonal, a variação acumulada em 12 meses foi de -7,6%.

A categoria de “Tecidos, Vestuários e Calçados” caiu 0,2% no mês, expurgados os efeitos sazonais. Já na comparação da série sazonal, nos dados acumulados em 12 meses houve recuo de 7,4%.

A atividade do setor de “Supermercados, Alimentos e Bebidas” subiu 1,0% no mês, na série dessazonalizada. Na série sem ajuste, a variação acumulada em 12 meses recuou 4,4%.

Por fim, o segmento de “Combustíveis e Lubrificantes” subiu 0,3% no mês – considerando dados dessazonalizados. Na série sem ajuste, a variação acumulada em 12 meses apresentou queda de 4,8%.

Abaixo segue a tabela contemplando os valores citados acima.

Metodologia

O indicador Movimento do Comércio é elaborado a partir da quantidade de consultas à base de dados da Boa Vista SCPC, por empresas do setor varejista. As séries têm como ano base a média de 2011 = 100, e passam por ajuste sazonal para avaliação da variação mensal. A partir de janeiro de 2014, houve atualização dos fatores sazonais e reelaboração das séries dessazonalizadas, utilizando o filtro sazonal X-12 ARIMA, disponibilizado pelo US Census Bureau.

A série histórica do indicador está disponível em: http://www.boavistaservicos.com.br/economia/movimento-comercio/

Termos relacionados:

  • clientes inadimplentes
  • prentensão de compra
  • analise de mercado
  • proteção de crédito
  • como ampliar as vendas
  • nome limpo
  • crédito ao consumidor
  • pesquisa de mercado

Comentários

comentários

Posts relacionados

Número de novas empresas aumentou 6,6% no 1º trimestre de 2017, segundo Boa Vista SCPC

No 1º trimestre de 2017 o número de novas empresas cresceu 6,6% em relação ao mesmo período de 2016 (análise interanual), segundo levantamento da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), com abrangência nacional. Em relação ao 4º trimestre de 2016 houve aumento de 29,2%. Forma jurídica Na análise por classificação de forma…

Inadimplência das empresas inicia 2017 com queda de 0,3%, diz a Boa Vista SCPC

A inadimplência das empresas em todo o país caiu 0,3% no 1º trimestre de 2017 quando comparada ao mesmo trimestre do ano anterior, de acordo com dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Depois de três anos consecutivos de alta do indicador na comparação interanual (1º tri de 2017 contra o…

Boa Vista SCPC: inadimplência do consumidor paulistano caiu 4,3% no 1º trimestre

A inadimplência do consumidor na cidade de São Paulo teve queda de 4,3% no acumulado do ano (1º trimestre de 2017 contra o mesmo período do ano passado), de acordo com os dados da Boa Vista SCPC. Na comparação interanual (março-17 contra março-16), a inadimplência retraiu 8,4%. Contra o mês anterior (março-17 contra fevereiro-17) houve…