Boa Vista – número de registro de inadimplentes fica estável e recuperação de crédito registra alta de 2% em agosto

Em comparação com agosto de 2011, o registro de inadimplentes mostra queda de 1% e a recuperação de crédito apresenta alta de 16,2%

Registro de Inadimplentes:

Dados da Boa Vista com abrangência nacional indicam que a quantidade de novos registros de inadimplentes apresentou leve queda de -0,2% em agosto. Nos doze meses encerrados em agosto de 2012 houve avanço de 10,4%, comparado aos doze meses findos em agosto de 2011. Frente a agosto de 2011 o indicador apresentou recuo de 1%, evidenciando uma desaceleração quando analisadas as variações no médio/longo prazo.

Espera-se que as melhorias nas condições do crédito na economia, influenciadas pela queda da taxa básica de juros e spreads bancários, e o aumento da população com vínculo empregatício ao longo dos últimos doze meses persistam, fazendo com que o crescimento do número de inadimplentes continue desacelerando ao longo de 2012. Neste sentido, a Boa Vista mantém a projeção de que 2012 acumulará uma variação de aproximadamente 3% contra 2011.

O valor médio das dívidas incluídas em agosto foi de R$1.256, 1,9% maior em relação a agosto de 2011 (dado ajustado pela inflação).

Regiões

A leve queda do indicador foi influenciada por duas regiões, Sul e Nordeste, que apresentaram variações de -1,1% e -2,6%, respectivamente, ante julho. As variações das regiões Sudeste (0,6%) e Norte (0,4%) impediram uma queda superior do indicador nacional. Já a região Centro-oeste, que possui pouca representatividade no indicador, não variou.

Varejo

O indicador que leva em conta apenas o setor de varejo apresentou comportamento semelhante na variação do número de registro de inadimplentes – estabilidade – elevando-se apenas 0,1% em relação a julho. Confrontado com agosto de 2011, o aumento é de 1,7%. Nos últimos doze meses o indicador acumula 21,9% de expansão, comparado aos doze anteriores.

Assim como no indicador geral, as regiões Sul e Nordeste registraram queda do indicador, variações de -1,5% e -0,6%, respectivamente, ante julho.

Recuperação de crédito:

Brasil

O indicador de recuperação de crédito – obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplentes – avançou 2,3% em relação a julho. O acumulado dos últimos doze meses é 13,5% maior que o dos doze meses anteriores.

Após queda no mês de julho, o indicador retoma o crescimento e mantém a tendência de elevação. Para o restante de 2012, é esperada a manutenção da tendência de crescimento do indicador frente ao ano anterior. Estimativas da Boa Vista indicam uma variação acumulada em 2012 de 8,5%, quando comparado a 2011.

Regiões

As maiores variações em relação a julho foram observadas nas regiões Sudeste (2,7%) e Sul (2,8%). O acumulado dos doze meses findos em agosto comparado com os doze anteriores destaca a região Centro Oeste avanço de 15,7%. Na comparação com agosto de 2011, o Nordeste lidera o aumento de exclusões de registros de inadimplentes com uma elevação de 19,3%.

Varejo

O indicador que considera apenas a recuperação de crédito no varejo foi o grande responsável pela variação positiva do indicador geral, registrando alta de 6,1% em relação a julho. Ao comparar o mesmo com agosto de 2011, observa-se um aumento ainda mais significativo, de 15,5%, impulsionado, principalmente, pelo Nordeste (21%).

Indicador Registro de Inadimplentes – Agosto de 2012

Comentários

comentários

Posts relacionados

Demanda por Crédito do Consumidor cai 4,0% no 1º trimestre, segundo Boa Vista SCPC

Dados nacionais da Boa Vista SCPC apontam que a Demanda por Crédito do Consumidor caiu 4,0% no 1º trimestre de 2017 na comparação com o mesmo período do ano anterior. Já na avaliação dos valores acumulados em 12 meses (abril de 2016 até março de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve retração de 9,3%,…

Percentual de cheques devolvidos atinge 2,29% em março, segundo Boa Vista SCPC

No mesmo mês do ano anterior, o percentual foi de 2,59% 20 de abril 2017 – O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados[1] atingiu 2,29% em março, registrando diminuição em relação ao mesmo mês do ano anterior, quando alcançou 2,59%. O que representa menos cheques…

Vendas para a Páscoa cresceram 2,2% em 2017, segundo Boa Vista SCPC

Dados da Boa Vista SCPC mostraram que em 2017 as vendas do comércio para a Páscoa cresceram 2,2% quando comparadas ao mesmo período do ano anterior. Em 2016 as vendas apresentaram queda de 5,8% e em 2015 a retração foi menos intensa (-0,3%). O resultado deste ano é o segundo negativo da série histórica, que…