Livre-se das dívidas: confira as dicas da Boa Vista SCPC para organizar a vida financeira

O cenário econômico instável do país já apresenta reflexos nos bolsos dos trabalhadores e no orçamento das famílias brasileiras. Mais do que pensar em economizar, a atual fase exige mudança de atitude para que a situação, economicamente difícil, não se agrave até que o país comece a dar sinais de que o pior já passou.

O primeiro passo, segundo Maria José Barros, diretora da área de Sustentabilidade da Boa Vista SCPC, é fazer um levantamento de todas as dívidas: valores, taxas, vencimentos e condições estabelecidas para o pagamento das mesmas. Importante: confirme se o que está sendo cobrado é o que foi combinado na hora da compra.

O segundo passo é procurar os credores caso alguma das dívidas esteja acima do valor inicialmente combinado para pagar. Explique a situação e tente renegociar por uma parcela que vai caber no seu atual orçamento. Caso tenha conta em banco, procure o gerente e converse sobre a possibilidade de trocar a sua dívida. Tente obter uma linha de crédito com juros menores em relação ao financiamento atual.

O terceiro passo é cortar gastos. Em casa, principalmente, é preciso reduzir as despesas fixas, como as de água, luz, telefone. Convoque todos os membros da família para uma conversa em que todos possam dar ideias e se comprometer em economizar. Só a participação efetiva de todos vai apresentar resultados consideráveis.

Caso as despesas estejam muito maiores do que os ganhos no mês, e a possibilidade de atraso no pagamento das dívidas for grande, avalie se há como vender algum bem. A ideia é pagar o que deve e não deixar a dívida virar uma bola de neve, principalmente se a conta for a fatura do cartão de crédito. Não compensa ficar pagando apenas o mínimo porque os juros são altíssimos.

Outra ideia é buscar uma fonte de renda alternativa. Quem tiver tempo e disposição pode buscar um trabalho extra no período da noite ou aos finais de semana. É claro, desde que não impeça ou atrapalhe o desempenho dos demais compromissos. “Todas essas dicas só são válidas se colocarmos as metas no papel. Organização e disciplina são fundamentais”, acrescenta a diretora da Boa Vista SCPC.

Comentários

comentários

Posts relacionados

Percentual de cheques devolvidos atinge o menor nível desde setembro de 2014, segundo Boa Vista SCPC

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados(1) atingiu 1,83% em junho, registrando considerável redução em relação ao mesmo mês do ano anterior (-0,28 p.p.). Com isso, a razão atinge o menor nível desde setembro de 2014, quando alcançou 1,80%. Na comparação mensal, o percentual…

Boa Vista SCPC leva consulta de CPF e palestra de orientação financeira ao I Tratamento do Superendividado no Jaraguá

No I Tratamento do Superendividado na Periferia, promovido pela Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, por meio do Procon-SP e do Centro de Integração da Cidadania, que acontecerá na próxima sexta-feira, dia 28 de julho, no bairro do Jaraguá, em São Paulo, a Boa Vista SCPC estará presente com uma série de serviços…

Demanda por Crédito do Consumidor cai 0,7% no 1º semestre, segundo Boa Vista SCPC

A Demanda por Crédito do Consumidor caiu 0,7% no 1º semestre de 2017, em comparação ao 1º semestre de 2016, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Na avaliação interanual, junho apresentou estabilidade nos dados, enquanto nos valores acumulados em 12 meses (julho de 2016 até junho…