Energia elétrica tem o maior peso no orçamento do consumidor

O gasto com energia elétrica foi o que mais pesou no orçamento do brasileiro neste ano de dificuldades econômicas, de acordo com pesquisa de alcance nacional realizada pela Boa Vista SCPC. Para 37% dos entrevistados, a conta de luz foi a que teve maior impacto no bolso, seguida pelas despesas com alimentação, apontadas por 24%.

Outros gastos que pesaram este ano, revela o levantamento da Boa Vista SCPC, foram os realizados com combustível, moradia, aluguel e condomínio, todos com fatia de 7% entre os pesquisados.

Com a crise econômica, 88% dos consumidores foram obrigados a adotar hábitos de compra diferentes para economizar. Os esforços para gastar menos foram maiores na redução do consumo de energia elétrica, apontado por 21% dos entrevistados, seguidos por despesas com lazer (16%).

Além disso, 14% dos ouvidos pela Boa Vista SCPC passaram a comprar somente o que consideram indispensável, enquanto 9% optaram por pesquisar os preços antes de fechar a compra.

A instabilidade fez com que 88% dos entrevistados avaliassem que a economia do País está pior atualmente do que no ano passado, uma queda significativa em comparação aos 64% registrados no ano passado.

A pesquisa da Boa Vista SCPC mostrou também que, considerando a renda familiar atual, 68% das famílias declaram que o poder de compra teve queda em comparação ao ano anterior. Essa percepção é sentida em todas as classes de renda: 69% nas classes A/B; 65% na classe C; e 71% nas D/E.

Metodologia

A Pesquisa Hábitos de Consumo e Compras – Fim de Ano e Natal 2015 foi realizada, pela Boa Vista SCPC, entre os dias 20 e 30 de outubro, para mapear os hábitos de consumo e compras do brasileiro para essa época do ano, com uma amostra de 960 consumidores.

Os gráficos da pesquisa podem ser acessados clicando aqui.

 

Comentários

comentários