dia-das-criancas-mobiliza-81-dos-consumidores-revela-boa-vista-scpc

Intenção de compra de presentes para o Dia das Crianças tem queda em todas as classes sociais

Consumidores de todas as classes sociais estão mais retraídos em relação às compras para o Dia das Crianças, segundo sondagem realizada pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) em todo o País. O levantamento mostrou que 66% pretendem comprar presentes para a data, uma queda de 9 pontos percentuais em comparação aos 75% do ano passado.

A maior queda na intenção de compra para o Dia das Crianças aconteceu na classe C, em que 65% planejam consumir para a data, em relação a 80% em 2015. Na classe AB o recuo foi de 72% no ano passado para 61% este ano e na classe DE a redução foi de 74% para 67%.

Fonte: Boa Vista SCPC

59% da classe C e 56% das classes DE e AB, respectivamente, gastarão a mesma quantia ou menos que no ano passado, com o presente para o Dia das Crianças. No ano anterior, 63% dos respondentes da Classe C estavam dispostos a gastar o mesmo valor.

O valor do presente para o Dia das Crianças também não vai crescer: 62% dos consumidores da classe DE gastarão até R$ 100, contra 57% registrados em 2015. Na classe C este percentual é de 51%, contra 39% do ano passado. Já o valor médio não deverá ultrapassar R$ 198 (queda de 9,1% em comparação ao valor médio gasto anteriormente).

O pagamento de outras despesas foi citado por 31% dos entrevistados da classe DE e 29% da classe C como principal causa da retração no consumo para a data. Já os respondentes da classe AB dividiram-se em 50% entre os que vão gastar menos por conta do aumento dos preços e os outros 50% por conta da redução de renda ou salário.

Em todas as classes, o desejo da criança será levado em conta pela maioria dos respondentes, no momento da escolha do presente. O fator preço vem logo em seguida. Além disso, 42% dos consumidores da classe C têm a intenção de presentear com brinquedos. Nas classes DE este percentual cresce 6p.p. (de 40% para 46% das menções), neste ano.

Perfil dos respondentes

Na sondagem da Boa Vista SCPC, feita especificamente para identificar a intenção de compra dos brasileiros para o Dia das Crianças 2016, 73% dos consumidores concentram-se na faixa etária entre 25 a 44 anos. Quanto ao estado civil, 48% dos consumidores são casados. 60% representam as Classes DE, 35% a Classe C e 5% as Classes AB. 68% concentram-se na região Sudeste e, destes, 50% estão em São Paulo.

Sobre a pesquisa

A Pesquisa de Hábitos de Consumo para o Dia das Crianças da Boa Vista SCPC utilizou a metodologia quantitativa para realização da coleta das informações, por meio eletrônico via internet. O período de realização foi de 26 de agosto a 19 de setembro de 2016. O universo da pesquisa é representado por consumidores que buscaram informações e orientações no website Consumidor Positivo da Boa Vista SCPC – www.consumidorpositivo.com.br. Ao todo foram 696 respondentes.

Comentários

comentários

Posts relacionados

Fazer parte do Cadastro Positivo passa a ser fundamental para o consumidor, afirma Boa Vista SCPC

Se por um lado a aprovação da Medida Provisória que tornará automática a adesão dos consumidores brasileiros ao banco de dados de bons pagadores, em virtude da alteração na Lei 12.414/2011 está, por tempo indeterminado, pendente em Brasília, por outro, passa a ser cada vez mais contundente a responsabilidade de o consumidor conhecer e entender…

Percentual de cheques devolvidos atinge 2,11% em maio, segundo Boa Vista SCPC

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados[1] atingiu 2,11% em maio, registrando uma diminuição em relação ao mesmo mês do ano anterior, quando alcançou 2,33%. Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados obteve leve aumento (em abril o nível foi de…

Movimento do Comércio sobe 2,7% em maio, diz Boa Vista SCPC

Informações do varejo apuradas pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) apontam que o Movimento do Comércio subiu 2,7% em maio, considerando os dados mensais com ajuste sazonal. Na avaliação acumulada em 12 meses (junho de 2016 até maio de 2017 frente ao mesmo período do ano anterior) houve queda de 3,0%…