PIB retrai 0,2% no 1T do ano

Em valores correntes o PIB atingiu R$ 1,4 trilhão no período Segundo o IBGE, o PIB (Produto Interno Bruto) retraiu 0,2% no 1T de 2015 na análise contra o trimestre imediatamente anterior, com os dados dessazonalizados, atingindo R$ 1,4 trilhão no período. Na comparação do 1T contra o mesmo período do ano anterior (análise interanual) … Continue lendo

Na antessala da recessão

Enquanto o tempo vai passando e importantes pautas econômicas ainda estão em discussão, a inevitável constatação da deterioração da economia e piora nos resultados fiscais já dão um sinal do que ainda está por vir. Segundo o IBGE, o PIB (Produto Interno Bruto) recuou 0,2% no 1º trimestre de 2015 na análise contra o trimestre … Continue lendo

Confiança do comércio retoma queda em maio

O Índice de Confiança do Comércio (ICOM) da FGV retomou a tendência de queda, iniciada no fim de 2014, após ter apresentado uma aparente trégua em abril. Em maio a variação do índice de confiança foi de -0,3% na comparação mensal dos dados dessazonalizados, na mesma base de comparação, o resultado do Índice da situação … Continue lendo

Concessões para os investimentos

Grande parte do empresariado brasileiro já esperava que 2015 seria um ano bastante difícil para os investimentos. Altas taxas de juros implicam em ofertas menos generosas de crédito e o cenário macroeconômico interno dificulta a previsibilidade de auferir lucros pelos agentes privados. O investimento público, na teoria, deveria aumentar para completar a lacuna de investimentos … Continue lendo

Último bastião do crédito

Com pequenas exceções, o cenário de crédito não consegue mais se livrar dos efeitos da deterioração do cenário macroeconômico. Os primeiros quatro meses de 2015 mostram que a desaceleração do crescimento do saldo do crédito é apenas um dos problemas a atormentar famílias e empresas. É o que se observa na Nota de Política Monetária … Continue lendo

Confiança do Consumidor volta a cair em maio

Segundo a Fundação Getúlio Vargas, o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) voltou a cair em maio, com variação de -0,6% na comparação mensal dos dados dessazonalizados. Com 85,1 pontos, o resultado do mês foi 0,5 p.p. menor do que o registrado em abril, mantendo-se abaixo da média histórica, que é de 110,5 pontos. O … Continue lendo