IBC-BR: Atividade econômica recua 4,6% no acumulado em 12 meses

Segundo o Banco Central, o indicador antecedente da atividade econômica (IBC-BR) recuou 4,6% no acumulado em 12 meses, apresentando estabilidade ante o mês anterior. Na análise mensal dos dados dessazonalizados, o indicador recuou 0,3% em relação a janeiro de 2016, acima da expectativa média do mercado de -0,6%.

Essa tendência já havia sido antecipada pelos dados consolidados da Pesquisa Industrial Mensal, que recuou 2,5% em fevereiro, compensando o aumento da Pesquisa Mensal do Comércio (1,2%).

Levando em consideração as expectativas do boletim Focus divulgado pelo Banco Central (que apresentam uma retração econômica na ordem de -3,8%), o resultado do PIB de 2016 segue os mesmos passos observados ao longo de 2015. A baixa confiança dos agentes econômicos continuará inibindo o consumo e o investimento, contribuindo com o pífio desempenho econômico.

Sem título

Posts relacionados

Inadimplência do consumidor cai 2,4% em novembro

A inadimplência do consumidor caiu 2,4% em novembro na avaliação mensal com ajuste sazonal, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC. Já nos valores acumulados em 12 meses (dezembro de 2016 até novembro de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve retração 3,5%. Quando comparado o resultado contra o mesmo mês de 2016,…

Produção Industrial registra crescimento de 0,2% em outubro e 1,5% em 12 meses

Dados divulgados hoje pelo IBGE revelam que a Pesquisa Industrial Mensal (PIM) registrou crescimento de 0,2% em outubro, considerando a comparação mensal (série com ajuste sazonal). Considerando os últimos 12 meses, a recuperação ganhou mais consistência, uma vez que sua leitura foi de 0,4% para 1,5% entre os meses de setembro e outubro. Na comparação…

Cresce fatia dos que utilizarão o 13º salário para pagar contas de início de ano e poupar

  Dos mais de mil entrevistados pela Boa Vista SCPC, em sua pesquisa online sobre hábitos de consumo para o Natal e Fim de Ano, 75% dos respondentes afirmaram que receberão o 13º salário. Destes, 37% disseram que utilizarão a renda extra para quitar dívidas, o que representa uma queda de 19 pontos percentuais (p.p.)…