Nota de Política Monetária do BC: Inadimplência das famílias com recursos livres recua para 6,4%. Expansão do saldo de crédito acelera pelo segundo mês consecutivo.

Por Bruna de Abreu Martins, da Área de Indicadores e Estudos Econômicos da Boa Vista SCPC

Segundo o Banco Central, o estoque total de empréstimos e financiamentos foi de R$ 2.926,2 bilhões em outubro de 2014, apresentando aceleração pelo segundo mês consecutivo após alta de 12,2% em relação ao mesmo período de 2013. Com este resultado, a relação crédito/PIB passou de 57,2% em setembro para 57,3% em outubro.

A expansão do crédito com recursos direcionados contribuiu significativamente com a aceleração do saldo total, sustentada tanto pelos financiamentos imobiliários para pessoas físicas como pelos recursos do BNDES para pessoas jurídicas.

As concessões totais de crédito atingiram R$ 330 bilhões no mês, tendo registrado elevação de 0,7% na comparação mensal. No acumulado em 12 meses, as concessões cresceram 6,9%, mantendo a trajetória de gradual desaceleração.

Quadro 1: Saldo e Concessão

cr1

 

A inadimplência do sistema financeiro registrou leve queda, passando de 3,0% para 2,9% em outubro. Nas operações com recursos livres, a inadimplência seguiu tendência de redução, ao passar de 5,0% para 4,8%, enquanto nas operações com recursos direcionados houve leve alta, ficando em 1,0%. Já a inadimplência das famílias com recursos livres recuou para 6,4%, em linha com o Indicador de Risco de Crédito (IRC) da Boa Vista SCPC.

A taxa média de juros das operações de crédito do sistema financeiro aumentou para 21,3% em setembro, tendo registrado alta de 0,3 p.p. na comparação mensal e elevação de 1,5 p.p. em 12 meses.

Quadro 2:  Inadimplência, taxa de juros, spread e prazo médio das concessões

cr2

Posts relacionados

34% dos consumidores dizem não ter controle dos ganhos e gastos

Para investigar os hábitos sobre controle orçamentário e fontes de informações sobre o tema, a Boa Vista SCPC realizou uma pesquisa inédita com aproximadamente 1200 consumidores, de todo o Brasil, e constatou que 34% dos entrevistados não controlam o quanto ganham e gastam no mês. Realizada entre os meses de maio e julho, a pesquisa…

Percentual de cheques devolvidos atinge 1,70% em outubro

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados[1] foi de 1,70% em outubro, registrando considerável redução em relação ao mesmo mês do ano anterior (-0,76 p.p.). Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados diminuiu frente ao mês de setembro (quando o nível…

Vendas no varejo crescem 0,5% em setembro e caem 0,6% no acumulado 12 meses

De acordo com a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) divulgada pelo IBGE, o volume de vendas no Varejo restrito subiu 0,5% em setembro na comparação mensal (com ajuste sazonal), enquanto na variação acumulada em 12 meses, a trajetória do indicador apresentou melhora de 1 p.p. em relação ao mês anterior, apresentando retração de apenas 0,6%….