Arrefecimento do mercado de trabalho

Por Thiago Custódio Biscuola, da RC Consultores

A taxa de desocupação voltou a cair em outubro, atingindo 5,2%. Este é o menor nível para os meses de outubro desde 2002. Segundo os dados divulgados hoje pelo IBGE, referentes às seis principais regiões metropolitanas, o pessoal ocupado teve modesto incremento frente a setembro (+ 0,37%), enquanto a população economicamente ativa teve avanço ainda menor (+ 0,11%). O rendimento médio real apresentou enfraquecimento, registrando queda de 0,1% frente a setembro. Em relação a igual mês de 2012, tal indicador registrou alta de apenas 1,3%. Por fim, a taxa de formalização da economia estagnou em 55,4%.

De modo geral, estes dados confirmam o arrefecimento do mercado de trabalho. Embora a taxa de desemprego tenha caído, este movimento deverá ser cada vez mais escasso. No passado recente, o crescimento do pessoal ocupado girava em torno de 2% ao ano, enquanto a PEA crescia na faixa de 1,5%, promovendo a contínua redução da taxa de desocupação. Contudo, nos últimos meses houve uma convergência dessas taxas, que ao final de dezembro deste ano ficarão bem próximas a 1% de crescimento. Por conseguinte, o rendimento médio real também registra desaceleração. Este indicador, que registrava em Dezembro de 2012 avanço anual de 4,2%, atingiu em Outubro de 2013 apenas metade disso. Desta forma, a massa real de rendimentos, até então principal fator de empuxo do varejo, deve registrar em 2013 o menor crescimento desde 2003, com alta de apenas 2,6%.

Ed.317

Comentários

comentários

Posts relacionados

Movimento do Comércio sobe 0,4% em outubro

O Indicador Movimento do Comércio, que acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil, subiu 0,4% em outubro quando comparado a setembro na análise com ajuste sazonal, de acordo com os dados apurados pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Na avaliação acumulada em 12 meses (novembro de 2016…

34% dos consumidores dizem não ter controle dos ganhos e gastos

Para investigar os hábitos sobre controle orçamentário e fontes de informações sobre o tema, a Boa Vista SCPC realizou uma pesquisa inédita com aproximadamente 1200 consumidores, de todo o Brasil, e constatou que 34% dos entrevistados não controlam o quanto ganham e gastam no mês. Realizada entre os meses de maio e julho, a pesquisa…

Percentual de cheques devolvidos atinge 1,70% em outubro

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados[1] foi de 1,70% em outubro, registrando considerável redução em relação ao mesmo mês do ano anterior (-0,76 p.p.). Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados diminuiu frente ao mês de setembro (quando o nível…