Brasil paga a menor taxa de juros da América Latina

Por José Valter Martins de Almeida, da RC Consultores

O governo brasileiro lançou ontem a venda de US$ 1,25 bilhão em bônus globais com vencimento em 2023. A taxa de retorno ao investidor foi de 2,686%, 110 pontos base acima dos papéis do tesouro americano, o menor juro da história. A colocação vai ajudar o Brasil a melhorar as condições de financiamento para emissores corporativos locais, por meio da criação de uma nova curva de 10 anos, referenciado em dólar, a um custo menor.

O Brasil soube aproveitar muito bem o contexto global de investidores ávidos por títulos de renda fixa para alocar investimentos. O spread representa um patamar positivo, dadas as notas de risco do governo brasileiro pelas agências de classificação.

Ed.24

Comentários

comentários

Posts relacionados

Pagamento de contas diversas é o que mais pesa no bolso do consumidor

São as contas diversas que estão impossibilitando de o consumidor manter o seu fluxo de caixa organizado e o “nome limpo”, segundo pesquisa online semestral realizada pela Boa Vista SCPC para identificar o Perfil do Consumidor Inadimplente. Dos quase 4 mil respondentes, de todo o Brasil, 23% afirmaram que manter em dia o pagamento de…

Inadimplência do consumidor cai 2,4% em novembro

A inadimplência do consumidor caiu 2,4% em novembro na avaliação mensal com ajuste sazonal, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC. Já nos valores acumulados em 12 meses (dezembro de 2016 até novembro de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve retração 3,5%. Quando comparado o resultado contra o mesmo mês de 2016,…

Produção Industrial registra crescimento de 0,2% em outubro e 1,5% em 12 meses

Dados divulgados hoje pelo IBGE revelam que a Pesquisa Industrial Mensal (PIM) registrou crescimento de 0,2% em outubro, considerando a comparação mensal (série com ajuste sazonal). Considerando os últimos 12 meses, a recuperação ganhou mais consistência, uma vez que sua leitura foi de 0,4% para 1,5% entre os meses de setembro e outubro. Na comparação…