Congresso aprova discriminação de impostos na nota fiscal

Por José Valter Martins de Almeida, da RC Consultores 

Apresentada ao Congresso em 2006 com mais de 1 milhão de assinaturas, a proposta que determina que o valor de impostos pagos em produtos e serviços deva ser discriminado foi aprovada no Senado e vai à sanção da presidente Dilma. Deverão ser computados os seguintes impostos: ICMS, ISS, IPI, IOF, IR, CSLL, PIS/Pasep, Cofins e Cide. Além da nota fiscal, a informação da carga tributária incidente sobre o produto deverá constar de painel fixado em lugar visível, ou divulgada por meio eletrônico ou impresso.

Estudo divulgado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) mostra que, em 2010, a proporção dos tributos no Brasil em relação ao PIB foi maior do que em 17 países da OCDE, incluindo Suíça, Estados Unidos, Canadá, Japão, Espanha e Austrália. Com carga tributária compatível à de países de primeiro mundo, o Brasil arrecada mais impostos e contribuições que a maioria dos países da América Latina e mesmo de países ricos e industrializados. Enquanto no Brasil a carga tributária é de 32,4% do PIB, a média de 15 países analisados na América Latina é de 19,4%. Esses números ajudam a explicar porque o Brasil perde, a cada ano, competitividade.

 Ed.70

Comentários

comentários

Posts relacionados

Inadimplência do consumidor cai 2,4% em novembro

A inadimplência do consumidor caiu 2,4% em novembro na avaliação mensal com ajuste sazonal, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC. Já nos valores acumulados em 12 meses (dezembro de 2016 até novembro de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve retração 3,5%. Quando comparado o resultado contra o mesmo mês de 2016,…

Produção Industrial registra crescimento de 0,2% em outubro e 1,5% em 12 meses

Dados divulgados hoje pelo IBGE revelam que a Pesquisa Industrial Mensal (PIM) registrou crescimento de 0,2% em outubro, considerando a comparação mensal (série com ajuste sazonal). Considerando os últimos 12 meses, a recuperação ganhou mais consistência, uma vez que sua leitura foi de 0,4% para 1,5% entre os meses de setembro e outubro. Na comparação…

Cresce fatia dos que utilizarão o 13º salário para pagar contas de início de ano e poupar

  Dos mais de mil entrevistados pela Boa Vista SCPC, em sua pesquisa online sobre hábitos de consumo para o Natal e Fim de Ano, 75% dos respondentes afirmaram que receberão o 13º salário. Destes, 37% disseram que utilizarão a renda extra para quitar dívidas, o que representa uma queda de 19 pontos percentuais (p.p.)…