Déficit público sobe com aumento de gastos

Por José Valter Martins de Almeida, da RC Consultores

O déficit público nominal nos últimos doze meses encerrados em abril ficou em R$ 132,2 bilhões. Esse valor é a diferença entre a conta de juros que ficou em R$ 218 bilhões e o superávit primário de R$ 82,8 bilhões. É o segundo pior resultado da série estatística do Banco Central.

A deterioração das contas do setor público observada neste ano é negativa para um cenário de crescimento. As despesas correntes do governo continuam crescendo bem acima do PIB. O superávit primário menor também contribuiu para interromper o processo de queda da dívida líquida do setor público. O BC estima que o indicador tenha fechado maio de 2013 com novo recorde de baixa.

Ed.197

Comentários

comentários

Posts relacionados

Número de novas empresas sobe 13,6% em 2017

Em 2017 o número de novas empresas cresceu 13,6% em relação ao ano anterior, segundo levantamento da Boa Vista SCPC, com abrangência nacional. Contudo, no 4º trimestre de 2017 o número de novas empresas caiu 2,2% em relação ao 3° trimestre.                            …

Movimento do Comércio sobe 1,5% em 2017

O Indicador Movimento do Comércio, que acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil, subiu 1,5% em 2017, de acordo com os dados apurados pela Boa Vista SCPC. Na comparação mensal com ajuste sazonal, foi observado crescimento de 1,1% em dezembro frente a novembro. Já na avaliação contra dezembro do ano anterior,…

Recuperação de crédito cai 0,4% em 2017

O indicador de recuperação de crédito – obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplentes da base da Boa Vista SCPC – apontou queda de 0,4% em 2017. Já na análise mensal, houve avanço de 7,1% na variação contra novembro, considerando os dados dessazonalizados. Na comparação com o mesmo mês de 2016…