Dow Jones alcança nível histórico

Por José Valter Martins de Almeida, da RC Consultores

Ontem o índice Dow Jones fechou em alta de 0,32% e pela primeira vez superou a barreira dos 15.100 pontos em sua história de 117 anos. Wall Street seguiu a tendência das bolsas mundiais, como Tóquio, que não alcançava nível parecido desde a quebra do Lehman Brothers e a de Frankfurt, que atingiu um recorde histórico. O Índice Bovespa não acompanhou os mercados internacionais  e retornou ao nível dos  55 mil pontos, com queda de 0,83%.

A euforia das bolsas é creditada às boas notícias vindas da Europa, como o resultado melhor do que o esperado da indústria alemã em maço em relação a fevereiro e o leilão bem sucedido de bônus portugueses e gregos. O inesperado corte de juros pelo Banco Central da Austrália, alguns balanços corporativos positivos e o superávit comercial da China também ajudaram a explicar a alta. No entanto, o recuo do ouro e outras commodities revelam aspectos importantes no cenário de 2013 que não devem se ignorados. A frágil retomada da economia mundial está baseada em injeções maciças de dinheiro pelo FED e demais bancos centrais. A volatilidade deve permanecer alta, pois os mercados continuam muito líquidos e com poucas alternativas onde aplicar, alternando o humor entra a euforia e o medo de prejuízos catastróficos.

Ed.181

Comentários

comentários

Posts relacionados

Pagamento de contas diversas é o que mais pesa no bolso do consumidor

São as contas diversas que estão impossibilitando de o consumidor manter o seu fluxo de caixa organizado e o “nome limpo”, segundo pesquisa online semestral realizada pela Boa Vista SCPC para identificar o Perfil do Consumidor Inadimplente. Dos quase 4 mil respondentes, de todo o Brasil, 23% afirmaram que manter em dia o pagamento de…

Inadimplência do consumidor cai 2,4% em novembro

A inadimplência do consumidor caiu 2,4% em novembro na avaliação mensal com ajuste sazonal, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC. Já nos valores acumulados em 12 meses (dezembro de 2016 até novembro de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve retração 3,5%. Quando comparado o resultado contra o mesmo mês de 2016,…

Produção Industrial registra crescimento de 0,2% em outubro e 1,5% em 12 meses

Dados divulgados hoje pelo IBGE revelam que a Pesquisa Industrial Mensal (PIM) registrou crescimento de 0,2% em outubro, considerando a comparação mensal (série com ajuste sazonal). Considerando os últimos 12 meses, a recuperação ganhou mais consistência, uma vez que sua leitura foi de 0,4% para 1,5% entre os meses de setembro e outubro. Na comparação…