Economia chinesa mostra força e comércio surpreende

Por Paulo Rabello de Castro, da RC Consultores

O comércio exterior chinês voltou a mostrar recuperação, especialmente em dezembro. As exportações saltaram 14,1% sobre o mesmo mês em 2011, enquanto as importações também tiveram bom desempenho, de mais 6% sobre dezembro de 2011. Isso resultou em um saldo comercial, só em dezembro último, de US$31bi, quase o dobro da balança comercial anual do Brasil. A China também voltou firme ao mercado de commodities, interrompendo a tendência de queda nos preços de minerais e metais, como ferro e cobre.

A indicação desse comportamento é um PIB chinês crescendo 8% em 2013, portanto acima do nosso número estimado de 7%. Começam a aparecer evidências de um ano novo com melhor nivel de atividade do que se poderia antecipar pelos problemas fiscais e de dívidas públicas nos EUA e Europa. Embora cedo para se confirmar, a economia mundial pode ter um incio de recuperação em 2013 e isso favorece certamente ao Brasil, cujo desempenho de PIB em 2012 foi lamentável.

Ed.102

Comentários

comentários

Posts relacionados

Pagamento de contas diversas é o que mais pesa no bolso do consumidor

São as contas diversas que estão impossibilitando de o consumidor manter o seu fluxo de caixa organizado e o “nome limpo”, segundo pesquisa online semestral realizada pela Boa Vista SCPC para identificar o Perfil do Consumidor Inadimplente. Dos quase 4 mil respondentes, de todo o Brasil, 23% afirmaram que manter em dia o pagamento de…

Inadimplência do consumidor cai 2,4% em novembro

A inadimplência do consumidor caiu 2,4% em novembro na avaliação mensal com ajuste sazonal, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC. Já nos valores acumulados em 12 meses (dezembro de 2016 até novembro de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve retração 3,5%. Quando comparado o resultado contra o mesmo mês de 2016,…

Produção Industrial registra crescimento de 0,2% em outubro e 1,5% em 12 meses

Dados divulgados hoje pelo IBGE revelam que a Pesquisa Industrial Mensal (PIM) registrou crescimento de 0,2% em outubro, considerando a comparação mensal (série com ajuste sazonal). Considerando os últimos 12 meses, a recuperação ganhou mais consistência, uma vez que sua leitura foi de 0,4% para 1,5% entre os meses de setembro e outubro. Na comparação…