Falta de investimentos em infraestrutura no Brasil compromete a produtividade

Por José Valter Martins de Almeida, da RC Consultores

Estudo do Ipea aponta que os investimentos federais em transportes não decolam. O orçamento de investimentos para estradas federais este ano previa execução de R$ 13,6 bilhões. Até esta semana foram executados apenas R$ 6,6 bilhões, sendo que 70% deste montante deve-se, exclusivamente, à quitação de restos a pagar. Para o transporte ferroviário o orçamento previa R$ 2,8 bilhões, mas só se pagaram, até o momento, R$ 740 milhões, ou seja, 26,9% do previsto. Por outro lado, estudo da CNT, Confederação Nacional do Transporte, indica contínua deterioração da malha rodoviária: 62,7% dela apresenta algum tipo de problema. Em 2011 esse percentual era de 57,4%.

Estima-se que seriam necessários R$ 170 bilhões para modernizar a infraestrutura rodoviária no Brasil. Com os gastos correntes ocupando o lugar de juros no Orçamento deste ano, os necessários investimentos públicos permanecem prejudicados. Com isso, fica cada vez mais distante o aumento da produtividade da indústria brasileira.

Ed.57

Comentários

comentários

Posts relacionados

Inadimplência do consumidor cai 2,4% em novembro

A inadimplência do consumidor caiu 2,4% em novembro na avaliação mensal com ajuste sazonal, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC. Já nos valores acumulados em 12 meses (dezembro de 2016 até novembro de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve retração 3,5%. Quando comparado o resultado contra o mesmo mês de 2016,…

Produção Industrial registra crescimento de 0,2% em outubro e 1,5% em 12 meses

Dados divulgados hoje pelo IBGE revelam que a Pesquisa Industrial Mensal (PIM) registrou crescimento de 0,2% em outubro, considerando a comparação mensal (série com ajuste sazonal). Considerando os últimos 12 meses, a recuperação ganhou mais consistência, uma vez que sua leitura foi de 0,4% para 1,5% entre os meses de setembro e outubro. Na comparação…

Cresce fatia dos que utilizarão o 13º salário para pagar contas de início de ano e poupar

  Dos mais de mil entrevistados pela Boa Vista SCPC, em sua pesquisa online sobre hábitos de consumo para o Natal e Fim de Ano, 75% dos respondentes afirmaram que receberão o 13º salário. Destes, 37% disseram que utilizarão a renda extra para quitar dívidas, o que representa uma queda de 19 pontos percentuais (p.p.)…