Mitt Romney, candidato republicano, traz reforma do IR na sua plataforma

Por Paulo Rabello de Castro, da RC Consultores

O candidato republicano à presidência americana, Mitt Romney , tem uma proposta objetiva de melhorar as abaladas finanças do governo dos EUA, que combina redução geral – em 20% – das alíquotas do imposto de renda das pessoas físicas, com uma equivalente eliminação  das deduções hoje permitidas aos indivíduos de alta renda nos EUA. O objetivo do candidato é cobrar mais aos de renda afluente, devolvendo capacidade de gasto aos que recolhem imposto na base da pirâmide. O valor a ser devolvido à classe média e trabalhadores é por volta de US$200 bilhões/ano.  Isso ajudaria a impulsionar o consumo, inclusive pela redução do endividamento, que pressiona a base da sociedade, especialmente pelos empréstimos hipotecários. Os mais ricos pagariam a conta sem muita chance de reclamar, já que as alíquotas efetivas do imposto seriam 20% mais baixas, embora compensadas pela abolição das deduções vultosas de que hoje os mais ricos lançam mão.

Em 2009, último dado disponível, os mais ricos (com renda anual de $100.000,00 ou mais) abateram quase $700 bilhões. Com uma alíquota marginal de 30% aplicável a essa renda não mais dedutível, a arrecadação fiscal adicional seria suficiente para compensar a redução da alíquota de todos os contribuintes.  A ideia faz sentido e, se for acompanhada de propostas inteligentes de controle de gastos públicos, sobretudo com Defesa, poderia apontar a saída que está faltando para os EUA retomarem um crescimento confiável até 2014.

Ed.19

Comentários

comentários

Posts relacionados

Movimento do Comércio sobe 0,4% em outubro

O Indicador Movimento do Comércio, que acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil, subiu 0,4% em outubro quando comparado a setembro na análise com ajuste sazonal, de acordo com os dados apurados pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Na avaliação acumulada em 12 meses (novembro de 2016…

34% dos consumidores dizem não ter controle dos ganhos e gastos

Para investigar os hábitos sobre controle orçamentário e fontes de informações sobre o tema, a Boa Vista SCPC realizou uma pesquisa inédita com aproximadamente 1200 consumidores, de todo o Brasil, e constatou que 34% dos entrevistados não controlam o quanto ganham e gastam no mês. Realizada entre os meses de maio e julho, a pesquisa…

Percentual de cheques devolvidos atinge 1,70% em outubro

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados[1] foi de 1,70% em outubro, registrando considerável redução em relação ao mesmo mês do ano anterior (-0,76 p.p.). Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados diminuiu frente ao mês de setembro (quando o nível…