Notícias externas positivas aliviam tensões nacionais

Por Paulo Rabello de Castro,  da RC Consultores

Pelo menos três notícias auspiciosas no cenário externo aliviam parte das preocupações sobre o andar da carruagem da economia brasileira. A primeira notícia vem da China, que anuncia um pacote liberalizante para promover maior crescimento na base da pirâmide empresarial. O governo chinês pretende isentar de impostos pequenos negócios, uma boa ideia para o Brasil que ainda empilha a pior carga tributária do mundo sobre suas empresas. A China quer também fortalecer a competitividade dos seus produtos na exportação. Outra ideia para brasileiro tentar copiar. Não se sabe o tamanho desse novo estímulo à economia chinesa mas pouco importa. O relevante é saber que os chineses estão atentos ao processo de desaceleração econômica e pretendem fazer algo a respeito, mesmo modesto para padrões de lá.

As duas outras boas notícias são de indicadores de retomada. Na Europa, pela primeira vez em muito tempo, o indicador antecedente Markit volta para o território positivo, ligeiramente acima de 50. Denota princípio de retomada na Europa, o que parece indicar também a primeira queda (225 mil) no desemprego mensal na Espanha. E da Ásia vem a terceira boa notícia: na Coréia o segundo trimestre terminado em junho mostrou surpreendente melhora da demanda e retomada industrial consistente. Essas três notícias se conjugam para confirmar pré-prognóstico menos negativo sobre a demanda mundial na virada para 2014. Resta saber o que o Brasil fará para não ficar alheio a esse princípio de recuperação externa.

Ed.234

Comentários

comentários

Posts relacionados

Movimento do Comércio sobe 0,4% em outubro

O Indicador Movimento do Comércio, que acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil, subiu 0,4% em outubro quando comparado a setembro na análise com ajuste sazonal, de acordo com os dados apurados pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Na avaliação acumulada em 12 meses (novembro de 2016…

34% dos consumidores dizem não ter controle dos ganhos e gastos

Para investigar os hábitos sobre controle orçamentário e fontes de informações sobre o tema, a Boa Vista SCPC realizou uma pesquisa inédita com aproximadamente 1200 consumidores, de todo o Brasil, e constatou que 34% dos entrevistados não controlam o quanto ganham e gastam no mês. Realizada entre os meses de maio e julho, a pesquisa…

Percentual de cheques devolvidos atinge 1,70% em outubro

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados[1] foi de 1,70% em outubro, registrando considerável redução em relação ao mesmo mês do ano anterior (-0,76 p.p.). Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados diminuiu frente ao mês de setembro (quando o nível…