PIB da zona do euro recua mais do que o esperado

Por José Valter Martins de Almeida, da RC Consultores

De acordo com a Eurostat, a agência de estatística da zona do euro, o PIB do primeiro trimestre na região recuou 0,2% na comparação com o quarto trimestre. Na comparação com o primeiro trimestre do ano passado, diminuiu 1%. Embora a Alemanha tenha crescido 0,1% na comparação com o quarto trimestre, não conseguiu evitar o resultado negativo da região. Países importantes tiveram retração do PIB. O da França, por exemplo, recuou 0,2%.

Esses dados divulgados hoje pela manhã apontam a mais longa recessão da história da moeda única. Foi o sexto trimestre consecutivo de contração, e o resultado veio pior do que o esperado. A RC Consultores projeta para este ano um recuo do PIB na zona do euro de 0,4%. O anúncio, também divulgado hoje pela manhã, do Banco Central da Inglaterra de que a economia britânica deverá acelerar 0,5% no segundo trimestre, face aos 0,3% registrados no primeiro trimestre, atenuou o pessimismo do mercado em torno dos dados do PIB da região do euro.

Ed.185

Comentários

comentários

Posts relacionados

Inadimplência do consumidor cai 2,4% em novembro

A inadimplência do consumidor caiu 2,4% em novembro na avaliação mensal com ajuste sazonal, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC. Já nos valores acumulados em 12 meses (dezembro de 2016 até novembro de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve retração 3,5%. Quando comparado o resultado contra o mesmo mês de 2016,…

Produção Industrial registra crescimento de 0,2% em outubro e 1,5% em 12 meses

Dados divulgados hoje pelo IBGE revelam que a Pesquisa Industrial Mensal (PIM) registrou crescimento de 0,2% em outubro, considerando a comparação mensal (série com ajuste sazonal). Considerando os últimos 12 meses, a recuperação ganhou mais consistência, uma vez que sua leitura foi de 0,4% para 1,5% entre os meses de setembro e outubro. Na comparação…

Cresce fatia dos que utilizarão o 13º salário para pagar contas de início de ano e poupar

  Dos mais de mil entrevistados pela Boa Vista SCPC, em sua pesquisa online sobre hábitos de consumo para o Natal e Fim de Ano, 75% dos respondentes afirmaram que receberão o 13º salário. Destes, 37% disseram que utilizarão a renda extra para quitar dívidas, o que representa uma queda de 19 pontos percentuais (p.p.)…