Produção industrial dá sinais de recuperação moderada

Por José Valter Martins de Almeida, da RC Consultores

A produção industrial registrou leve recuperação em janeiro, segundo indicadores divulgados pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O setor operou com 84% da capacidade instalada, a taxa mais alta desde fevereiro de 2008. Dos 21 setores, 16 registraram aumento no uso da capacidade instalada. No entanto, o faturamento caiu 4,2% em janeiro na comparação com dezembro. O emprego também não acompanhou a recuperação do setor e recuou 0,2% sobre o mês anterior. A massa salarial e o rendimento médio também recuaram em relação a dezembro.

Embora os dados divulgados pela CNI indiquem uma recuperação da indústria neste início de ano, os bons indicadores ainda não dão segurança de uma recuperação sustentada. A produção que cresceu, segundo o IBGE, 2,5% em janeiro deve ter devolvido parte relevante em fevereiro, mostrando alta volatilidade. O faturamento não acompanhou o aumento de produção. Uma sucessão de altas e quedas dificulta a previsibilidade e pode retardar os investimentos. A carga tributária no Brasil é enorme, sendo um fator que entrava os investimentos. A indústria continua precisando de um ganho de produtividade.

Ed.142

Comentários

comentários

Posts relacionados

Inadimplência do consumidor cai 2,4% em novembro

A inadimplência do consumidor caiu 2,4% em novembro na avaliação mensal com ajuste sazonal, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC. Já nos valores acumulados em 12 meses (dezembro de 2016 até novembro de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve retração 3,5%. Quando comparado o resultado contra o mesmo mês de 2016,…

Produção Industrial registra crescimento de 0,2% em outubro e 1,5% em 12 meses

Dados divulgados hoje pelo IBGE revelam que a Pesquisa Industrial Mensal (PIM) registrou crescimento de 0,2% em outubro, considerando a comparação mensal (série com ajuste sazonal). Considerando os últimos 12 meses, a recuperação ganhou mais consistência, uma vez que sua leitura foi de 0,4% para 1,5% entre os meses de setembro e outubro. Na comparação…

Cresce fatia dos que utilizarão o 13º salário para pagar contas de início de ano e poupar

  Dos mais de mil entrevistados pela Boa Vista SCPC, em sua pesquisa online sobre hábitos de consumo para o Natal e Fim de Ano, 75% dos respondentes afirmaram que receberão o 13º salário. Destes, 37% disseram que utilizarão a renda extra para quitar dívidas, o que representa uma queda de 19 pontos percentuais (p.p.)…