Queda da confiança sinaliza novas políticas econômicas na Europa

Queda da confiança sinaliza novas políticas econômicas na Europa

Por José Valter Martins de Almeida

O Índice Zew, que mede as expectativas dos investidores e analistas sobre a evolução econômica na Alemanha com seis meses de antecedência, recuou dos 43,2 pontos para 33,1 este mês. A confiança dos investidores alemães caiu em maio pelo quinto mês consecutivo, sinalizando que a ameaça da baixa inflação e do euro forte deverá prejudicar a retomada da zona do euro.

O crescimento econômico mais acelerado na zona do euro provavelmente não será suficiente para impedir que o presidente do BCE, Mario Draghi, flexibilize a política monetária. Nos últimos meses têm surgido notícias negativas sobre problemas nos mercados emergentes. O euro forte e a queda do índice Zew podem sugerir pontos de inversão na taxa de crescimento do PIB da zona do euro. Mesmo com a previsão de que dados desta semana mostrem que a expansão acelerou no primeiro trimestre, Mario Draghi parece estar disposto a ir adiante com medidas como o corte da taxa de juros ou mesmo a injeção de liquidez. A inflação permanece abaixo da meta de 2%. Desde outubro ela é inferior a 1%. A declaração do presidente do BCE na semana passada de que a autoridade está “confortável” para tomar medidas em junho sugere que uma nova resposta política é iminente.

Comentários

comentários

Posts relacionados

34% dos consumidores dizem não ter controle dos ganhos e gastos

Para investigar os hábitos sobre controle orçamentário e fontes de informações sobre o tema, a Boa Vista SCPC realizou uma pesquisa inédita com aproximadamente 1200 consumidores, de todo o Brasil, e constatou que 34% dos entrevistados não controlam o quanto ganham e gastam no mês. Realizada entre os meses de maio e julho, a pesquisa…

Percentual de cheques devolvidos atinge 1,70% em outubro

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados[1] foi de 1,70% em outubro, registrando considerável redução em relação ao mesmo mês do ano anterior (-0,76 p.p.). Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados diminuiu frente ao mês de setembro (quando o nível…

Vendas no varejo crescem 0,5% em setembro e caem 0,6% no acumulado 12 meses

De acordo com a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) divulgada pelo IBGE, o volume de vendas no Varejo restrito subiu 0,5% em setembro na comparação mensal (com ajuste sazonal), enquanto na variação acumulada em 12 meses, a trajetória do indicador apresentou melhora de 1 p.p. em relação ao mês anterior, apresentando retração de apenas 0,6%….