Volatilidade dos mercados deve continuar em 2014

Por José Valter Martins de Almeida, da RC Consultores

As principais bolsas asiáticas fecharam mais um dia com baixas significativas. O índice japonês Nikkei fechou em queda de 2,51%. O índice acionário de Hong Kong caiu 2,11%, alcançando mínima em cinco meses. Não foi diferente no mercado bursátil europeu. Esta manhã as principais bolsas europeias caíam em torno de 1%. As “yields” soberanas europeias sobem hoje em quase todas as maturidades. O rand sul-africano e o won sul-coreano depreciam, dando sinais de que a fuga de investidores dos emergentes ainda não foi estancada. Esse pessimismo do mercado é explicado pela continuação da redução de estímulos pelo FED e pelas condições de crédito mais apertadas na China, na medida em que Pequim busca limitar o avanço do empréstimo de alto risco.

A reação das bolsas, acompanhada do recuo das commodities, revela aspectos importantes para o cenário de 2014. O primeiro é que a retomada mundial, baseada em injeções maciças de dinheiro na economia, ainda é frágil. Segundo, a volatilidade deve permanecer alta, pois os mercados continuam muito líquidos e com poucas alternativas onde aplicar, alternando o humor entre a euforia de uma crise superada e o medo de grandes prejuízos.

Ed.352

Comentários

comentários

Posts relacionados

Inadimplência do consumidor cai 2,4% em novembro

A inadimplência do consumidor caiu 2,4% em novembro na avaliação mensal com ajuste sazonal, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC. Já nos valores acumulados em 12 meses (dezembro de 2016 até novembro de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve retração 3,5%. Quando comparado o resultado contra o mesmo mês de 2016,…

Produção Industrial registra crescimento de 0,2% em outubro e 1,5% em 12 meses

Dados divulgados hoje pelo IBGE revelam que a Pesquisa Industrial Mensal (PIM) registrou crescimento de 0,2% em outubro, considerando a comparação mensal (série com ajuste sazonal). Considerando os últimos 12 meses, a recuperação ganhou mais consistência, uma vez que sua leitura foi de 0,4% para 1,5% entre os meses de setembro e outubro. Na comparação…

Cresce fatia dos que utilizarão o 13º salário para pagar contas de início de ano e poupar

  Dos mais de mil entrevistados pela Boa Vista SCPC, em sua pesquisa online sobre hábitos de consumo para o Natal e Fim de Ano, 75% dos respondentes afirmaram que receberão o 13º salário. Destes, 37% disseram que utilizarão a renda extra para quitar dívidas, o que representa uma queda de 19 pontos percentuais (p.p.)…