Boa Vista estende prazo de exibição de débitos de consumidores ao mercado

A Boa Vista informa que, conforme já divulgado pela ANBC – Associação Nacional dos Bureaus Crédito, passará a exibir os registros de débito incluídos em seu banco de dados após 45 dias da data do envio da comunicação ao devedor. Essa ação, tomada em conjunto pela indústria de Bureaus de Crédito, tem como objetivo proporcionar um prazo maior para que aconteça a negociação entre devedores e credores nesse momento desafiador pelo qual passa a economia brasileira. 

 

Dessa forma, ao invés dos habituais 10 dias após o envio da comunicação, os débitos serão exibidos ao mercado após 45 dias. A medida que se inicia para os débitos recebidos a partir do dia 17 de abril de 2020 se estenderá pelos próximos 90 dias.

 

A Boa Vista esclarece também que, ciente de Projeto de Lei em tramitação no Senado Federal que poderá estender o prazo para a exibição do registro para 90 dias após a comunicação ao devedor, está, como sempre esteve, pronta para cumprir o que for determinado pela legislação. 

 

Sabendo que em tempos de crise é mais difícil manter as contas em dia, a Boa Vista aconselha os consumidores a procurarem seus credores para avaliar as alternativas para o pagamento da dívida, mantendo seu nome limpo e pronto para ter crédito sempre que precisar. E aos credores a manterem seu fluxo de envio de registros de débito para reforçar aos seus clientes que haverá mais prazo para a sua regularização. Essa crise vai passar e é importante que todos trabalhem para manter o acesso ao crédito tão primordial para a alavancagem da economia. 


Buscar por período:

TAGS

Posts relacionados

Resultado do PIB revela queda de 1,5% no primeiro trimestre

Os dados do PIB do 1º trimestre, divulgados hoje pelo IBGE, reforçaram o cenário de fragilização da atividade econômica. No primeiro trimestre de 2020, o produto recuou 1,5% na comparação com os três últimos meses do ano passado, de acordo com dados dessazonalizados, interrompendo uma sequência de quatro trimestres de crescimentos consecutivos. Na comparação com…

Consumidores com aumentos frequentes em operações de crédito são mais propensos à inadimplência

Demanda por Crédito do Consumidor cai 24,4% em abril

A Demanda por Crédito do Consumidor recuou 24,4% em abril na comparação com março, já descontadas as influências sazonais, de acordo com dados nacionais da Boa Vista. No acumulado do ano o indicador caiu 11,7% contra o mesmo período do ano passado. Já no acumulado em 12 meses, o indicador passou para o campo negativo…

PNADC: Taxa de desemprego atinge 12,6% em abril

De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC) do IBGE, a taxa de desemprego avançou para 12,6% no trimestre móvel encerrado em abril. Estando 0,4 p.p. acima do registrado no mês anterior e 0,1 p.p. maior em relação ao mesmo período do ano passado (12,5%). Em termos absolutos, a população desocupada…