Boa Vista SCPC lança monitoramento do CPF automático e gratuito na semana do Dia Mundial do Consumidor

Como parte das comemorações do Dia Mundial do Consumidor (15 de março de 2015), a Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) lançou um novo serviço aos consumidores brasileiros: o “Meu Radar Pessoal”. Com ele, o consumidor receberá mensalmente, de forma automática e gratuita, em seu e-mail, o relatório de consulta de débitos registrados em seu CPF na base de dados da Boa Vista SCPC. Toda vez que ocorrer uma inclusão ou exclusão de débito, o consumidor receberá um relatório de atualização. Para obter o serviço gratuitamente, basta acessar o site www.meuradarpessoal.com.br e aceitar os termos do contrato. O cadastro deve ser renovado anualmente, para garantir a sua atualização, e a gratuidade permanece enquanto o serviço estiver disponível no portfólio da empresa.

O relatório enviado pelo novo serviço é idêntico ao já oferecido na autoconsulta gratuita de débito disponível aos usuários cadastrado no Portal Consumidor Positivo (www.consumidorpositivo.com.br). No entanto, para ficar atualizado, o consumidor necessita acessar periodicamente o Portal. Com o “Meu Radar Pessoal”, o monitoramento torna-se automático e o envio de notificações por e-mail ocorre sempre que uma nova inclusão ou exclusão de débito é realizada no CPF do consumidor.

“A vantagem é a praticidade e a rapidez com que a informação chega ao consumidor. Ele receberá automaticamente um relatório mensal, além de ser avisado sempre que uma nova inclusão ou exclusão de débito acontecer. Tudo com segurança e confidencialidade, já que a informação é enviada para o e-mail cadastrado pelo próprio consumidor, sem qualquer tipo de intermediário”, explica Fernando Cosenza, diretor de Sustentabilidade da Boa Vista SCPC.

Ainda no quesito segurança, o “Meu Radar Pessoal” oferece aos seus usuários não só a informação de que houve o registro do débito para o seu CPF, mas também o nome do credor que solicitou o registro e o valor do débito. O acesso a estes dados permite tomar providência imediata caso o consumidor não reconheça a dívida. “Se por acaso o consumidor for vítima de fraude com documentos e tiver um registro de inadimplência por causa disso, ele saberá rapidamente e poderá agir, acelerando a resolução do problema”, completa o diretor.

Comentários

comentários

Posts relacionados

34% dos consumidores dizem não ter controle dos ganhos e gastos

Para investigar os hábitos sobre controle orçamentário e fontes de informações sobre o tema, a Boa Vista SCPC realizou uma pesquisa inédita com aproximadamente 1200 consumidores, de todo o Brasil, e constatou que 34% dos entrevistados não controlam o quanto ganham e gastam no mês. Realizada entre os meses de maio e julho, a pesquisa…

Percentual de cheques devolvidos atinge 1,70% em outubro

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados[1] foi de 1,70% em outubro, registrando considerável redução em relação ao mesmo mês do ano anterior (-0,76 p.p.). Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados diminuiu frente ao mês de setembro (quando o nível…

Vendas no varejo crescem 0,5% em setembro e caem 0,6% no acumulado 12 meses

De acordo com a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) divulgada pelo IBGE, o volume de vendas no Varejo restrito subiu 0,5% em setembro na comparação mensal (com ajuste sazonal), enquanto na variação acumulada em 12 meses, a trajetória do indicador apresentou melhora de 1 p.p. em relação ao mês anterior, apresentando retração de apenas 0,6%….