Diferença entre inadimplência de “antigos” e “novos” consumidores é a menor desde 2009

Pesquisa da Boa Vista SCPC mostra diferença de 16,5%, inferior à média histórica (22,7%); “novos” são os que tiveram CPF consultado pela 1ª. vez nos últimos 6 meses

26 de março de 2015 – A diferença entre a inadimplência de “antigos” e “novos” consumidores é a menor já observada na série histórica, que teve início em junho de 2009, revela levantamento realizado pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Para esse estudo, são considerados “novos” consumidores aqueles que tiveram CPF consultado pela primeira vez nos últimos 6 meses. Os “antigos” são os demais consumidores.

O levantamento mostrou que a inadimplência dos “novos” consumidores foi, em média, 16,5% maior que a inadimplência dos “antigos” consumidores, resultado inferior à média histórica (22,7%) e bem abaixo do pico observado em julho de 2013 (29,8%).

O cálculo da inadimplência é realizado a partir do acompanhamento dos CPFs (Cadastro de Pessoas Físicas) consultados durante um período de 6 meses, verificando a situação desses CPFs 6 meses após a consulta.

O gráfico 1 mostra a diferença entre a inadimplência dos “antigos” e dos “novos” consumidores ao longo dos últimos anos, levando em conta a média móvel de 12 meses.

 grafico-Diferenca-entre-inadimplencia

A probabilidade dos “novos” consumidores se tornarem inadimplentes continua superior à dos “antigos”, apesar de a diferença ter diminuído. “A inexperiência das pessoas que estão tomando crédito pela primeira vez é a principal explicação para essa diferença, porque sabemos que esse é um processo de aprendizado”, analisa o presidente da Boa Vista SCPC, Dorival Dourado.

A redução dessa diferença, no entanto, indica dois aspectos positivos para o mercado de crédito brasileiro. Por um lado, os novos consumidores estão chegando ao mercado mais cautelosos do ponto do vista das finanças pessoais, e por outro, os ofertantes estão conseguindo avaliar melhor esse novo consumidor de crédito, utilizando ferramentas de análise mais eficientes.

“Concluímos que os resultados são animadores, uma vez que diversas pesquisas da Boa Vista SCPC mostram os consumidores brasileiros cada vez mais interessados e atentos ao seu orçamento doméstico, e evidenciam a importância de cultivar hábitos financeiros saudáveis. O fato dos novos consumidores de crédito apresentarem padrões de comportamento mais próximos do de consumidores mais experientes é um grande passo na construção de um mercado de crédito mais saudável”, afirma Dourado.

Nota metodológica:

O estudo analisa o status de todos os CPFs da base de dados da Boa Vista SCPC após 6 meses de sua consulta. O resultado de fevereiro de 2015 corresponde a observação dos CPFs consultados entre março de 2014 e agosto de 2014 (período de seis meses). Para efeito desse estudo, são considerados novos consumidores aqueles cujo CPF foi consultado pela primeira vez no período analisado.


Sobre a Boa Vista SCPC

A Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) é uma empresa que oferece as melhores soluções para a tomada de decisões sustentáveis de crédito e gestão de negócios, a serviço de empresas e consumidores. Sua base de dados contém mais de 350 milhões de informações comerciais sobre consumidores e empresas, e registra mais de 42 milhões de transações de negócios por dia.

A empresa coloca à disposição do brasileiro serviços que o ajudam a cuidar bem do seu nome, a prevenir-se contra fraudes e usar o crédito de forma sustentável. É a única empresa que oferece ao consumidor a consulta gratuita pela Internet (site www.consumidorpositivo.com.br) de seus débitos  registrados no banco de dados. Também atua no mercado de segurança eletrônica de transações e identificação, provendo serviços de certificação digital.

Está presente em todo o Brasil por meio de escritórios regionais, distribuidores, representantes e parcerias com mais de 2,2 mil entidades de classe. Inovadora e controlada por brasileiros, a Boa Vista SCPC opera também o Cadastro Positivo no País e investe continuamente em tecnologia de ponta para atender à sua crescente carteira de clientes em todo o território nacional. 

Boa Vista SCPC: consumidores e empresas do mesmo lado.
www.boavistascpc.com.br

Mais informações:
Tamer Comunicação Empresarial
(11) 3031-2388

Comentários

comentários

Posts relacionados

Inadimplência do consumidor cai 2,4% em novembro

A inadimplência do consumidor caiu 2,4% em novembro na avaliação mensal com ajuste sazonal, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC. Já nos valores acumulados em 12 meses (dezembro de 2016 até novembro de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve retração 3,5%. Quando comparado o resultado contra o mesmo mês de 2016,…

Produção Industrial registra crescimento de 0,2% em outubro e 1,5% em 12 meses

Dados divulgados hoje pelo IBGE revelam que a Pesquisa Industrial Mensal (PIM) registrou crescimento de 0,2% em outubro, considerando a comparação mensal (série com ajuste sazonal). Considerando os últimos 12 meses, a recuperação ganhou mais consistência, uma vez que sua leitura foi de 0,4% para 1,5% entre os meses de setembro e outubro. Na comparação…

Cresce fatia dos que utilizarão o 13º salário para pagar contas de início de ano e poupar

  Dos mais de mil entrevistados pela Boa Vista SCPC, em sua pesquisa online sobre hábitos de consumo para o Natal e Fim de Ano, 75% dos respondentes afirmaram que receberão o 13º salário. Destes, 37% disseram que utilizarão a renda extra para quitar dívidas, o que representa uma queda de 19 pontos percentuais (p.p.)…