Inadimplência das empresas cai 14,2% em 2018

A inadimplência das empresas em todo o país caiu 14,2% em 2018, de acordo com dados nacionais da Boa Vista. O indicador é um somatório dos principais mecanismos de apontamento de inadimplência empresarial, isto é, cheques devolvidos, títulos protestados e registros de débitos realizados na base do Serviço Central de Proteção ao Crédito – SCPC.

 

Na análise interanual, contra o mesmo trimestre de 2017, a queda foi de 14,7%. Já na comparação com o 3º trimestre de 2018 houve queda de 11,6%, considerando os dados dessazonalizados.

Os resultados de 2018 indicam para a manutenção dos baixos níveis de inadimplência das empresas, que no início de 2017 começaram a registrar queda no acumulado em quatro trimestres. Em um primeiro momento, esse movimento se deveu apenas à restrição de crédito por parte das concedentes, mas com a gradual melhora na situação econômica, as empresas observaram aumento nas receitas, inflação menor e juros em queda, fatores que tem auxiliado a amenizar os fluxos de inadimplência.

Comentários

comentários

Posts relacionados

Movimento do Comércio avança 3,3% no trimestre

O Indicador Movimento do Comércio, que acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil, avançou 3,3% no primeiro trimestre de 2019 contra o mesmo período do ano anterior, de acordo com dados apurados pela Boa Vista. Na comparação mensal dessazonalizada, houve queda de 0,5% em março. Na avaliação acumulada em 12 meses,…

Recuperação de crédito cai 6,5% no 1º trimestre

Em todo o país, o indicador de recuperação de crédito – obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplentes da base da Boa Vista – registrou queda de 6,5% no primeiro trimestre de 2019 contra o mesmo período do ano anterior. Em março o indicador apontou redução de 3,3% contra fevereiro, de…

39% dos empresários estão otimistas em relação às vendas na Páscoa

Quase 40% dos cerca de 1.200 empresários entrevistados pela Boa Vista, em sua Pesquisa Perspectiva Empresarial para a Páscoa, têm a perspectiva de aumento das vendas nesta Páscoa, no entanto, 16% deles pretendem contratar mais mão de obra este ano para atender um possível aumento da demanda no período. A Boa Vista também identificou que…





Indicadores

Indicadores

Estudos Econômicos

Estudos Economicos

Blog do Economista

Blog do Economista Boa Vista Serviços