Dia dos Pais: vendas recuam 0,8% em 2015, revela Boa Vista SCPC

As vendas do comércio para o Dia dos Pais recuaram 0,8%, em todo o país, quando comparadas ao mesmo período de 2014, de acordo com dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito).

Em 2015, o desempenho do varejo nesta data foi pior do que o observado em 2014, quando as vendas superaram em 1,2% o resultado do mesmo período de 2013.

Com base na projeção de uma nova queda real no faturamento do comércio varejista no Brasil, em agosto, na proporção de vendas do período do Dia dos Pais, em relação ao total do mês e no resultado de queda de 0,8% no número de consultas da base de dados da Boa Vista SCPC, a FecomercioSP estimou que o faturamento no varejo foi 4,5% menor do que em 2014 (descontada a inflação) ou mais de R$ 1,8 bilhões a menos do que no ano passado.

O cenário macroeconômico com mercado de trabalho desaquecido e elevadas taxas de juros e de inflação continuam minando a confiança dos consumidores, além de reduzir o poder de compra. Com isso, a redução do ritmo de crescimento no Dia dos Pais em 2015 segue a tendência do movimento observado nas demais datas comemorativas, acompanhando a desaceleração das vendas no varejo em geral.

O cálculo do volume de vendas para esta data é baseado em uma amostra das consultas realizadas no banco de dados da Boa Vista SCPC, com abrangência nacional. Para este dia dos pais foram consideradas as consultas realizadas no período de 1 a 9 de agosto de 2015, comparadas às consultas realizadas entre 2 e 10 de agosto de 2014. A variação no faturamento, por sua vez, é estimada com base na variação e na participação das consultas, e na projeção da FecomercioSP para o faturamento da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) do IBGE.

Comentários

comentários

Posts relacionados

34% dos consumidores dizem não ter controle dos ganhos e gastos

Para investigar os hábitos sobre controle orçamentário e fontes de informações sobre o tema, a Boa Vista SCPC realizou uma pesquisa inédita com aproximadamente 1200 consumidores, de todo o Brasil, e constatou que 34% dos entrevistados não controlam o quanto ganham e gastam no mês. Realizada entre os meses de maio e julho, a pesquisa…

Percentual de cheques devolvidos atinge 1,70% em outubro

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados[1] foi de 1,70% em outubro, registrando considerável redução em relação ao mesmo mês do ano anterior (-0,76 p.p.). Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados diminuiu frente ao mês de setembro (quando o nível…

Vendas no varejo crescem 0,5% em setembro e caem 0,6% no acumulado 12 meses

De acordo com a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) divulgada pelo IBGE, o volume de vendas no Varejo restrito subiu 0,5% em setembro na comparação mensal (com ajuste sazonal), enquanto na variação acumulada em 12 meses, a trajetória do indicador apresentou melhora de 1 p.p. em relação ao mês anterior, apresentando retração de apenas 0,6%….