[PESQUISA] 82% dos empresários esperam vendas de Natal iguais ou maiores que as de 2018

82% dos empresários esperam que as vendas de Natal e fim de ano em 2019 sejam iguais ou maiores que as do ano passado, de acordo com a Pesquisa Perspectiva Empresarial – Natal e Fim de Ano, realizada pela Boa Vista com mais de 800 empresários e comerciantes de todo o País.

A sondagem também indicou que 24% pretendem contratar mais mão de obra para a data, porcentagem que aumenta para 42% quando se consideram apenas os empresários mais otimistas com o aumento das vendas em relação a 2018.

Estratégia para as vendas de Natal e fim de ano

Questionados sobre o que irão fazer para chamar a atenção do consumidor neste fim de ano, a maioria dos empresários (54%) apontaram a facilitação do pagamento (parcelamento do valor) como a principal estratégia. Outros 35% apostarão em dar descontos, ao passo que 11% vão oferecer promoções, como ‘leve dois e pague um’, por exemplo.

Faturamento anual

Para um em cada três empresários as vendas de Natal e Ano Novo representam um movimento de até 5% frente a faturamento anual. Para 29%, de 5% a 10%, e para outros 37%, mais que 10%. Em média, as vendas de Natal e fim de ano representam 8% do faturamento anual das empresas. O gráfico a seguir ilustra os números.

Essas e outras informações da pesquisa estão resumidas em infográfico. Para ter acesso clique aqui.

Metodologia

A Pesquisa Perspectiva Empresarial – Natal e Fim de Ano foi realizada pela Boa Vista de forma quantitativa, entre os meses de outubro e dezembro de 2019. No levantamento foram entrevistados mais de 800 respondentes, representantes dos principais setores (Comércio, Indústria e Serviços) e dos segmentos micro, pequenas, médias e grandes empresas. A leitura dos resultados deve considerar aproximadamente 3,5% de margem de erro e 95% de grau de confiança para leitura dos resultados.


Buscar por período:

TAGS

Posts relacionados

Reabertura com crédito

A flexibilização do comércio em diferentes regiões do Brasil traz incertezas na decisão de concessão de crédito. Diante deste cenário, a Boa Vista identificou um movimento de aceleração da adoção ao Cadastro Positivo pelas pequenas, médias e grandes empresas. Desde o início da pandemia, já somam mais de um milhão de consultas às soluções da…

IPCA avança 0,36% em julho, sendo o maior resultado para um mês de julho desde 2016

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) avançou 0,36% no mês de julho. No acumulado em 12 meses houve evolução para 2,31%, 0,18 p.p. acima da variação observada em junho.  Com esse resultado, o indicador acumulou alta de 0,46% no ano. O grupo Transportes (0,78%) foi o que registrou maior impacto positivo sobre o…

Pedidos de falência recuam 12,6% em julho

Os pedidos de falência caíram 12,6% em julho, na comparação com junho, segundo dados com abrangência nacional da Boa Vista. Mantida a base de comparação, os pedidos de recuperação judicial e as recuperações judiciais deferidas diminuíram 37,6% e 37,9%, respectivamente. Por outro lado, as falências decretadas registraram alta de 16,8% na variação mensal. Na análise…