Movimento do Comércio sobe 0,4% em outubro

O Indicador Movimento do Comércio, que acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil, subiu 0,4% em outubro quando comparado a setembro na análise com ajuste sazonal, de acordo com os dados apurados pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito).

Na avaliação acumulada em 12 meses (novembro de 2016 até outubro de 2017 frente ao mesmo período do ano anterior) houve queda de 1,0%, aumentando 1,0 p.p. com relação aos valores obtidos em setembro, mantida base de comparação. Já na avaliação contra outubro do ano passado, houve aumento de 5,6%.

movimentonov1

Após dois anos de retração, desde novembro de 2016 o indicador do comércio vem gradualmente se recuperando quando observado na aferição acumulada em 12 meses. Com uma mudança de cenário que inclui redução de juros, expansão do crédito, melhoria dos níveis de renda, diminuição do desemprego entre outras variáveis, espera-se que esta tendência se mantenha crescente pelos próximos meses, retomando patamares positivos das vendas varejistas.

Setores

Na análise mensal, dentre os principais setores, o setor de “Móveis e Eletrodomésticos” apresentou queda de 3,1% em outubro, descontados os efeitos sazonais. Nos dados sem ajuste sazonal, a variação acumulada em 12 meses foi negativa em 1,5%.

A categoria de “Tecidos, Vestuários e Calçados” caiu 0,3% no mês, expurgados os efeitos sazonais. Já na comparação da série sazonal, nos dados acumulados em 12 meses houve recuo de 3,2%.

A atividade do setor de “Supermercados, Alimentos e Bebidas” subiu 0,4% no mês na série dessazonalizada. Na série sem ajuste, a variação acumulada subiu 1,2%.
Por fim, o segmento de “Combustíveis e Lubrificantes” cresceu 1,2% em outubro considerando dados dessazonalizados, enquanto na série sem ajuste, a variação acumulada em 12 meses apresentou queda de 3,2%.

Abaixo a tabela contemplando os valores mencionados.

movimentonov2

Metodologia

O indicador Movimento do Comércio é elaborado a partir da quantidade de consultas à base de dados da Boa Vista SCPC, por empresas do setor varejista. As séries têm como ano base a média de 2011 = 100, e passam por ajuste sazonal para avaliação da variação mensal. A partir de janeiro de 2014, houve atualização dos fatores sazonais e reelaboração das séries dessazonalizadas, utilizando o filtro sazonal X-12 ARIMA, disponibilizado pelo US Census Bureau.

Comentários

comentários

Posts relacionados

Dez dicas da Boa Vista para aproveitar as vantagens das compras na Black Friday

16 de novembro de 2018 – Dia 23 de novembro acontece mais uma edição da Black Friday, data cada vez mais aguardada pelo varejo e consumidores brasileiros. Para quem pensa em aproveitar as vantagens e ir às compras nesta ocasião, a área de Serviços ao Consumidor da Boa Vista preparou algumas dicas que podem ajudar…

Vendas na Black Friday devem crescer 4,5%, projeta Boa Vista SCPC

A área de Indicadores e Estudos Econômicos da Boa Vista projeta um crescimento em torno de 4,5% das vendas nesta Black Friday, na comparação com 2017. Com isto, o desempenho do comércio na data deve superar o das demais datas comemorativas deste ano. Na Páscoa, as vendas registraram alta de 3,2%; no Dia das Mães,…

Boa Vista SCPC: Recuperação de crédito aumenta 0,5% em outubro

O indicador de recuperação de crédito – obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplentes da base da Boa Vista SCPC – registrou aumento de 0,5% em outubro contra o mês anterior, de acordo com dados dessazonalizados. No acumulado em 12 meses, o indicador apontou alta de 1,2% (novembro de 2017 até…