Nota de Política Monetária do BC: inadimplência de recursos livres das famílias teve ligeiro aumento, atingindo 6,3%.

Saldo e concessões apresentaram pequenas elevações na comparação mensal, juros e spread mantém tendência de alta e inadimplência das empresas sobe. Segundo o Banco Central, a inadimplência do Sistema Financeiro Nacional referente aos recursos livres destinados às famílias teve ligeiro avanço em maio, atingindo 6,3%. Os índices de inadimplência para Pessoa Física se mantiveram estáveis…

Juros estáveis?

Por Yan Cattani Ontem, na última reunião do COPOM liderada pelo presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, foi decidido por unanimidade a manutenção do atual nível de juros da taxa básica da economia, a Selic. Está é a sétima decisão consecutiva de estabilidade da taxa, cravada em 14,25%. Em termos de política monetária, a…

Nota de Política Monetária do BC: inadimplência de recursos livres das famílias mantém-se estável em 6,2% em abril

Saldo e concessões continuam em queda, juros e spread mantém tendência de alta e inadimplência das empresas sobe. Segundo o Banco Central, a inadimplência do Sistema Financeiro Nacional referente aos recursos livres destinados às famílias continuou estável em abril, com 6,2%. A estabilidade da inadimplência se mantém desde dezembro de 2015. Os índices de inadimplência…

Nota de Política Monetária do BC: inadimplência de recursos livres das famílias mantém-se estável em 6,2% em março

Segundo o Banco Central, a inadimplência do Sistema Financeiro Nacional referente aos recursos livres destinados às famílias estabilizou-se em 6,2% em março. A estabilidade da inadimplência se mantém desde dezembro de 2015. Em linhas gerais, os índices de inadimplência apresentaram estabilidade aos resultados de fevereiro: a inadimplência total se manteve em 3,5%, sendo 5,6% para…

Nota de Política Monetária do BC

Segundo o Banco Central, a inadimplência do Sistema Financeiro Nacional referente aos recursos livres destinados às famílias estabilizou-se em 6,2% em fevereiro. Anteriormente, a taxa apontava um gradual crescimento, passando de 5,96% registrado em novembro, para 6,24% em janeiro. Contudo, após revisão dos valores, a inadimplência passou a ficar estável durante estes meses, mantendo-se no…

Nota de Crédito do BC: saldo de crédito desacelera e atinge 6,2% em janeiro

Segundo o Banco Central, o estoque total de empréstimos e financiamentos atingiu R$3.199 bilhões em janeiro, o que corresponde a um aumento de 6,2% em doze meses, desacelerando 0,4p.p. em relação a dezembro. É o menor valor de crescimento registrado pela série histórica do BC, iniciada em março de 2007. Com a relevante desaceleração do…

Os desafios de 2016 para o mercado de crédito

  Bruna Martins O ano mal começou e os desafios para 2016 já foram anunciados. De acordo com o relatório Focus divulgado hoje pelo Banco Central, as expectativas do mercado iniciaram o ano piores que as do ano anterior: a atividade econômica brasileira deverá enfrentar mais um ano de recessão, a política monetária apresentará pelo…

Nota de Política Monetária do BC: Saldo de crédito desacelera em outubro

Segundo o Banco Central, o estoque total de empréstimos e financiamentos atingiu R$3.157,0 bilhões, o que corresponde a um aumento de 8,1% em doze meses, desacelerando 1,0 p.p. em relação a setembro. Com este resultado, a relação crédito/PIB recuou para 54,7%, ante os 55,1% registrados no mês anterior. Com a relevante desaceleração do crescimento do…

Nota de Política Monetária do BC: Saldo de crédito desacelera em setembro

Segundo o Banco Central, o estoque total de empréstimos e financiamentos atingiu R$3.160,2 bilhões, o que corresponde a um aumento de 9,1% em doze meses, desacelerando 0,6 p.p. em relação a agosto. Com este resultado, a relação crédito/PIB atingiu 55,0%, um pouco superior ao registrado no mês anterior (54,8%). Com a relevante desaceleração do crescimento…

Nota de Política Monetária do BC: Saldo de crédito desacelera em agosto

Segundo o Banco Central, o estoque total de empréstimos e financiamentos atingiu R$3.132,4 bilhões, o que corresponde a um aumento de 9,6% em doze meses, desacelerando 0,3 p.p. em relação a julho. Com este resultado, a relação crédito/PIB atingiu 54,6%, um pouco superior ao registrado no mês anterior (54,5%). Com a relevante desaceleração de crescimento…