Desemprego no Brasil cai em 2013

Por Thiago Custódio Biscuola, da RC Consultores

 

O IBGE divulgou nesta manhã que a taxa de desocupação média no Brasil caiu de 7,4% em 2012 para 7,1% no ano passado. Comparando o quarto trimestre de 2013 (último dado disponível) com igual período do ano anterior, a taxa de desemprego saiu do patamar de 6,9% para 6,2%. Estes dados fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua, de periocidade trimestral), que substituirá as atuais PME (Pesquisa Mensal de Emprego) e PNAD (anual).

Desta forma será possível obter maior sensibilidade em relação à evolução do mercado de trabalho nas diferentes regiões do Brasil, uma vez que a pesquisa engloba cerca de 3500 municípios. Já a PME abrangia apenas as seis maiores regiões metropolitanas do Brasil, fornecendo uma estimativa menos precisa do diferente comportamento das economias regionais. Segundo a PME a taxa de desocupação média de 2013 foi de 5,4%. Considerando apenas o último trimestre, a taxa foi de 4,7%. Apesar da perspectiva de baixo crescimento em 2014, a taxa de desocupação deverá registrar nova queda. Embora o rendimento real dos trabalhadores cresça em ritmo cada vez menor, o nível de inadimplência deverá continuar em patamar reduzido ao longo deste ano.

Ed.394

 

Comentários

comentários

Posts relacionados

Boa Vista SCPC: Demanda por Crédito do Consumidor sobe 4,6% em maio

A demanda por crédito do consumidor subiu 4,6% em maio frente a abril, com o ajuste sazonal, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Na avaliação dos valores acumulados em 12 meses (junho de 2016 até maio de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve desaceleração da…

Fazer parte do Cadastro Positivo passa a ser fundamental para o consumidor, afirma Boa Vista SCPC

Se por um lado a aprovação da Medida Provisória que tornará automática a adesão dos consumidores brasileiros ao banco de dados de bons pagadores, em virtude da alteração na Lei 12.414/2011 está, por tempo indeterminado, pendente em Brasília, por outro, passa a ser cada vez mais contundente a responsabilidade de o consumidor conhecer e entender…

Percentual de cheques devolvidos atinge 2,11% em maio, segundo Boa Vista SCPC

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados[1] atingiu 2,11% em maio, registrando uma diminuição em relação ao mesmo mês do ano anterior, quando alcançou 2,33%. Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados obteve leve aumento (em abril o nível foi de…