Percentual de cheques devolvidos atinge 2,24% em julho, segundo Boa Vista SCPC

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados[1] registrou 2,24% em julho de 2015, contra o resultado de 1,98% do mês anterior, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). O indicador apresentou alta na comparação com julho de 2014, quando havia registrado 2,15%.

Os cheques devolvidos aumentaram 5,5% na comparação mensal, enquanto os cheques movimentados registraram queda de 6,6%, o que contribuiu para a queda do percentual no período.

O gráfico 1 mostra a evolução recente dos dados citados.

graf1

No acumulado de janeiro a julho de 2015, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados atingiu 2,16%, ante 2,05% registrado no mesmo período de 2014. Na mesma base de comparação, o percentual deste mês é o maior desde 2009, quando também registrou 2,24%.

No acumulado do ano, os cheques devolvidos recuaram 5,5%, enquanto os cheques movimentados diminuíram 10,0%. Separando os cheques devolvidos de pessoas físicas e jurídicas, na mesma base de comparação, observamos que a devolução foi 7,6% menor para as pessoas físicas e 0,1% inferior para as pessoas jurídicas.

A tabela 1 resume os dados.

Tabela 1 – Cheques

Período

Devolvidos

(2ª devolução)

Compensados

(Trocados)

Movimentados

Devolvidos/

Movimentados

Julho 2015

1.296.528

56.618.370

57.914.898

2,24%

Junho 2015

1.228.734

60.748.790

61.977.524

1,98%

Julho 2014

1.389.969

63.262.450

64.652.419

2,15%

Acum. 2015

8.755.089

396.944.810

405.699.899

2,16%

Acum. 2014

9.263.543

441.704.700

450.968.243

2,05%

Acum. 2013

10.163.506

489.697.151

499.860.657

2,03%

Acum. 2012

11.074.286

537.180.390

548.254.676

2,02%

Acum. 2011

11.463.666

589.681.200

601.144.866

1,91%

Acum. 2010

12.117.779

652.575.140

664.692.919

1,82%

Acum. 2009

16.587.938

723.207.330

739.795.268

2,24%

Fonte: Boa Vista SCPC

Metodologia

O Indicador de Cheques Devolvidos da Boa Vista SCPC é a proporção de cheques devolvidos (2ª devolução por insuficiência de fundos) sobre o total de cheques movimentados, que é o total de cheques compensados somados aos devolvidos.

A série histórica deste indicador inicia em 2006 e está disponível em:

http://www.boavistaservicos.com.br/economia/cheques-devolvidos/


[1] Desde maio de 2012 a Boa Vista passou a utilizar como base para o cálculo da proporção de cheques devolvidos o total de cheques movimentados e não mais o total de cheques compensados. Consideramos o total de cheques movimentados a soma do total dos cheques devolvidos (2ª devolução por insuficiência de fundos) com o total dos cheques compensados em um determinado período.

Comentários

comentários

Posts relacionados

Percentual de cheques devolvidos atingiu 2,06% em fevereiro, segundo Boa Vista SCPC

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados atingiu 2,06% em fevereiro, registrando diminuição em relação a fevereiro de 2016, quando alcançou 2,22%. O percentual de cheques devolvidos sobre movimentados também recuou na comparação mensal (em janeiro o nível foi de 2,07%), sendo o resultado…

Boa Vista SCPC: Demanda por Crédito do Consumidor cai 4,0% em fevereiro

A Demanda por Crédito do Consumidor caiu 4,0% em fevereiro, na avaliação dessazonalizada contra janeiro, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Contudo, na avaliação dos valores acumulados em 12 meses (março de 2016 até fevereiro de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve retração de 9,5%,…

Movimento do Comércio cai 1,0% em fevereiro, diz Boa Vista SCPC

Informações do varejo apuradas pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), apontam que o Movimento do Comércio caiu 1,0% em fevereiro, considerando os dados mensais com ajuste sazonal. Na avaliação acumulada em 12 meses (março de 2016 até fevereiro de 2017) houve queda de 3,8% frente aos 12 meses antecedentes. Já na…