Procura do consumidor por crédito abre 2015 com queda de 1,6%, revela Boa Vista SCPC

 O indicador de demanda do consumidor por crédito caiu 1,6% em janeiro de 2015, na comparação com dezembro de 2014, descontados efeitos sazonais, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Na avaliação interanual (jan/15 contra jan/14), a queda foi de 14,6%.

No acumulado em 12 meses (fev/14 a jan/15 frente aos 12 meses antecedentes), a demanda por crédito recuou 8,4%. Mantida a base de comparação, considerando os segmentos que compõem o indicador, a demanda por crédito do consumidor nas instituições financeiras caiu 8,5%, enquanto para o segmento não financeiro houve queda de 8,3%.

demanda-1

O mercado de crédito vivenciou nos últimos meses diversos tipos de medidas de fomento ao crédito. Mesmo com tais ajustes, o crédito continuou desacelerando, sinalizando maior cautela do consumidor em tempos de incerteza econômica. Outros fatores, como a alta das taxas de juros e a inflação consistentemente elevada, têm apertado os orçamentos domésticos, contribuindo para a intensificação da queda na procura do consumidor por crédito. Levando em consideração o cenário macroeconômico para 2015, a Boa Vista SCPC acredita que uma inflexão somente se concretizará com a melhoria da confiança na economia, cenário factível após a consolidação dos ajustes de política monetária e fiscal, atualmente em curso.

Abaixo, a tabela contendo os dados.

demanda-2

Metodologia

O indicador de Demanda por Crédito – Pessoa Física é elaborado a partir da quantidade de consultas de CPF à base de dados da Boa Vista por empresas. As séries têm como ano base a média de 2011 = 100 e passam por ajuste sazonal para avaliação da variação mensal. A partir de janeiro de 2014, houve atualização dos fatores sazonais e reelaboração das séries dessazonalizadas, utilizando o filtro sazonal X-12 ARIMA, disponibilizado pelo US Census Bureau.

 

A série histórica deste indicador inicia em 2010 e está disponível em: http://www.boavistaservicos.com.br/economia/demanda-por-credito/

Comentários

comentários