Movimento do Comércio acumula queda de 2,2% até setembro, diz Boa Vista SCPC

O Movimento do Comércio caiu 2,2% no acumulado do ano até setembro, de acordo com dados nacionais do varejo apurados pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) sem ajuste sazonal. Na variação acumulada em 12 meses houve recuo de 1,4% frente ao mesmo período de 2014 (outubro de 2014 até setembro de 2015 contra os 12 meses antecedentes), ainda na análise dos dados sem ajuste. Para a variação mensal, com dados ajustados sazonalmente, houve elevação de 1,2%.

Após apresentar desaceleração em sua tendência de longo prazo em meados do segundo semestre de 2014, o indicador entra no terceiro mês consecutivo em patamar negativo, mostrando resultado ligeiramente mais otimista que o índice oficial para o setor varejista medido pelo IBGE. Para 2015, fatores macroeconômicos como elevação de juros, piora do mercado de trabalho e inflação em patamar elevado continuarão afetando de forma intensa a confiança e o poder de compra do consumidor.

Setores

Dentre os principais setores, o setor de “Móveis e Eletrodomésticos” apresentou alta de 2,2% entre agosto e setembro, descontados os efeitos sazonais. Nos dados sem ajuste sazonal, a variação acumulada em 12 meses foi de -3,4%.

A categoria de “Tecidos, Vestuários e Calçados” caiu no mês, -0,7%, expurgados os efeitos sazonais. Já na comparação da série sazonal, nos dados acumulados em 12 meses houve recuo de 2,1%.

A atividade do setor de “Supermercados, Alimentos e Bebidas” subiu 0,9% no mês, na série dessazonalizada. Na série sem ajuste acumulada em 12 meses houve queda de 0,4%.

Por fim, o segmento de “Combustíveis e Lubrificantes” apresentou retração de 0,9% no mês – considerando dados dessazonalizados. Na série sem ajuste por sazonalidade, a tendência de longo prazo (dados acumulados em 12 meses) caiu 1,2%.

Abaixo segue a tabela contemplando os valores citados acima.

Metodologia

O indicador Movimento do Comércio é elaborado a partir da quantidade de consultas à base de dados da Boa Vista SCPC, por empresas do setor varejista. As séries têm como ano base a média de 2011 = 100, e passam por ajuste sazonal para avaliação da variação mensal. A partir de janeiro de 2014, houve atualização dos fatores sazonais e reelaboração das séries dessazonalizadas, utilizando o filtro sazonal X-12 ARIMA, disponibilizado pelo US Census Bureau.

A série histórica do indicador está disponível em: http://www.boavistaservicos.com.br/economia/movimento-comercio/

Comentários

comentários

Posts relacionados

Boa Vista SCPC: recuperação de crédito sobe 3,0% em janeiro

O indicador de recuperação de crédito – obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplentes da base do crédito– apontou elevação de 3,0% na análise mensal contra dezembro, descontados os efeitos sazonais. Já na variação acumulada em 12 meses apresentou alta de 2,7%, enquanto na análise interanual (mesmo mês de 2016) houve…

81% dos consumidores esperam que em 2017 a relação entre recebimento e gastos melhore, segundo Boa Vista SCPC

A maioria dos entrevistados (81%) na Pesquisa Perfil do Inadimplente, da Boa Vista SCPC, espera que em 2017 a relação entre recebimentos e gastos esteja melhor do que a existente no 4º trimestre de 2016, período no qual o levantamento foi elaborado contendo a participação de consumidores de todo o país. Em dezembro de 2015,…

CDC completa 27 anos e representa uma conquista de consumidores e de empresas

Março é um mês especial para os consumidores (e para as empresas). É que no dia 11, há 27 anos, entrou em vigor o Código de Defesa do Consumidor (CDC). A Lei 8.078 foi assinada pelo então presidente Fernando Collor em setembro de 1990, determinando que entrasse em vigor seis meses depois, no dia 11…