Movimento do comércio cresce 0,5% em agosto e registra avanço pelo terceiro mês consecutivo

Expansão do acumulado em 12 meses no varejo, em agosto, foi de 3,1%

Dados do varejo, com abrangência nacional, apontam que em agosto o movimento do comércio avançou moderadamente 0,5% na comparação com julho – retirados os efeitos sazonais, de acordo com o indicador da Boa Vista Serviços, administradora do SCPC. Apesar do crescimento mensal moderado, o indicador completa um trimestre com avanço.

Avaliando os últimos doze meses contra os doze meses terminados em agosto do ano anterior, o indicador aumentou 3,1%. A variação acumulada, desde janeiro de 2013, foi de 1,4% quando comparado ao respectivo período em 2012.

O setor varejista vivenciou nos últimos anos um ciclo de dinamismo, resultado da relativa estabilidade da inflação no período, de políticas de redistribuição de renda e de inovações financeiras de alto impacto no crédito pessoal, como, por exemplo, o desenvolvimento do “crédito consignado”, entre outros fatores.

Contudo, neste ano, o crescimento deverá ser moderado, uma vez que em praticamente todos os segmentos observa-se desaceleração e até mesmo queda. Dentre os principais motivos desta mudança de quadro destacam-se o menor crescimento do rendimento médio da população ocupada no período, a menor efetividade das políticas de fomento ao consumo e a retomada de um ciclo de alta de juros.

Setores

O setor de “Móveis e Eletrodomésticos” expandiu 1,7% sobre o mês imediatamente anterior, considerados os ajustes sazonais à série. Pela segunda vez consecutiva, é o setor responsável pela variação positiva mensal do indicador geral. Porém, a variação acumulada dos últimos 12 meses em relação aos 12 meses antecedentes manteve-se negativa (-1,1%).

O nível da categoria de “Combustíveis e Lubrificantes” apresentou elevação de 0,3% na comparação com julho – expurgados os efeitos sazonais. O indicador no acumulado entre janeiro e agosto de 2013 exibiu acréscimo de 3,8% contra o mesmo período do ano passado.

Na direção oposta, a maior queda mensal dentre todos os setores foi registrada por “Supermercados, Alimentos e Bebidas” que teve sua série dessazonalizada reduzida em 0,4% em comparação a julho. Quando confrontados os 12 meses terminados em agosto ao período correspondente em 2012, houve avanço de 5,2%.

Por fim, o segmento de “Tecidos, Vestuários e Calçados” apresentou queda de 0,3% da sua série com ajuste sazonal em relação a julho de 2013.  O indicador apresentou variação de 2,2% no acumulado de 2013 na comparação com o mesmo período de 2012.

 

O indicador de Movimento do Comércio da Boa Vista Serviços é obtido a partir do número de consultas efetuadas pelas empresas a uma amostra representativa de CPFs. Os dados são classificados como oriundos de empresas do setor financeiro e não financeiro, e são corrigidos pelos devidos tratamentos estatísticos. As séries têm como ano base a média de 2010 = 100, e passam por ajuste sazonal para avaliação da variação mensal.

Comentários

comentários

Posts relacionados

Número de novas empresas cai 3,8% no 2º trimestre

No 2º trimestre de 2017 o número de novas empresas caiu 3,8% em relação ao trimestre anterior, segundo levantamento da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), com abrangência nacional. Assim, o resultado configura a primeira queda para esse trimestre desde o início da série histórica (2003). Ainda assim, os valores acumulados no…

Vendas para o dia dos pais recuam 0,5% em 2017

As vendas do comércio para o dia dos pais diminuíram 0,5% em 2017 quando comparadas a 2016, segundo dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). O recuo das vendas nesta data foi mais fraco do que o observado em 2016, quando o comércio retraiu 5,2% em relação ao mesmo período de…

Recuperação de crédito cai 1,7% no acumulado 12 meses

O indicador de recuperação de crédito – obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplentes da base da Boa Vista SCPC – apontou queda de 1,7% na variação acumulada em 12 meses (agosto de 2016 até julho de 2017). A variação mensal com dados dessazonalizados apresentou queda de 6,4% contra o mês…