Contas de água, luz e telefone são as “vilãs” do orçamento doméstico

Pesquisa da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), feita em todo o Brasil, revelou que as contas de consumo (como as de água, luz, gás, telefone e TV a cabo) são consideradas as maiores “vilãs” do orçamento doméstico. A fatia dos que apontaram essas contas como a principal causa de problemas no orçamento das famílias foi de 37%, um salto de 14 pontos percentuais em comparação aos 23% que manifestaram essa opinião no ano passado.

contas1

Em segundo lugar, apareceram os gastos com alimentação, lembrados por 29%, uma elevação de 6 pontos percentuais na comparação com 2015. Depois vieram impostos e transportes, ambos com 8%.

As mulheres são as que mais sentem o impacto das contas de consumo no orçamento doméstico: 40% delas apontaram essas contas como causa maior de dificuldades no orçamento, em comparação à fatia de 36% dos homens.

Na divisão por regiões, as contas de consumo tiveram mais impacto no Norte, onde 47% fizeram essa constatação, seguido pelo Centro-Oeste (42%), Sudeste (39%) e Sul (33%). Os consumidores do Nordeste foram os únicos a considerar que a alimentação (30%) teve peso maior do que essas contas (27%).

De acordo com a pesquisa da Boa Vista SCPC, as contas de luz pesaram principalmente no orçamento dos consumidores das classes D/E (41%). O impacto foi sentido por 34% dos entrevistados na classe C e por 29% nas A/B.

Quando se usa o critério de perfil de consumo, o levantamento mostrou que as contas de luz tiveram impacto maior no orçamento dos “muito econômicos” (61%). O item alimentação prevaleceu sobre essas contas entre os “muito consumistas” (48%) e os “econômicos” (32%).

O levantamento da Boa Vista SCPC aconteceu de 2 a 23 de fevereiro em todas as regiões do País.

Confira a Pesquisa Hábitos de Consumo – Dia Mundial do Consumidor 2016 na íntegra no endereço: http://www.boavistaservicos.com.br/wp-content/uploads/2016/03/resultados-pesquisa-dia-mundial-consumidor-2016.pdf

Nota metodológica

Os dados da pesquisa “Hábitos de Consumo – Dia Mundial do Consumidor 2016” foram obtidos por meio de um levantamento eletrônico realizado pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), de 02 a 23 de fevereiro de 2016, com 504 consumidores usuários do site Consumidor Positivo www.consumidorpositivo.com.br. Para leitura geral dos resultados, deve-se considerar 95% de grau de confiança e margem de erro de 4%, para mais ou para menos.

Comentários

comentários