CAGED: setembro registra o terceiro avanço mensal consecutivo com a criação de 313,6 mil vagas de trabalho formal

Foram divulgados os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), publicado pelo Ministério da Economia.

Em setembro, o saldo de vagas no mercado de trabalho (resultado da diferença entre novas contratações e demissões) foi positivo em 313.564 mil postos formais. Registrando o terceiro avanço mensal consecutivo com o melhor resultado desde fevereiro de 2014 (301.394). O desempenho do mês desacelerou o ritmo de queda na análise acumulada do ano, passando de 872,2 mil em agosto para 672,8 mil vagas fechadas entre janeiro e setembro de 2020.

 

 

Avaliando os dados por segmentos, todos os setores registraram aumento no número de postos formais em setembro. A Indústria Geral novamente apresentou o melhor desempenho mensal com a criação de 110.868 mil vagas, seguida por Serviços (+ 80,5 mil), Comércio (+ 69,2 mil), Construção (+ 45,2 mil) e Agricultura (+ 7,8 mil).

Após registrar o fechamento de 1,6 milhão de vagas formais entre março e junho, em setembro o mercado de trabalho confirma a tendência de recuperação iniciada em julho. Invertendo a tendência de queda na análise acumulada em 12 meses e dando mais consistência ao movimento de melhora no nível de emprego.

Ademais, apesar da melhora registrada entre julho e setembro, é importante ressaltar que o mercado de trabalho segue bastante fragilizado devido ao tamanho da queda no número de vagas durante a pandemia do novo coronavírus. No entanto, a flexibilização das medidas de isolamento social e a gradual retomada da atividade desde o final de junho sugerem que a economia continue apresentando melhores sinais de recuperação ao longo do segundo semestre, superando o período mais agudo da crise e amenizando a onda de pessimismo que sonda o mercado desde o início do ano.

Nota:

Os dados aqui apresentados fazem referência ao mercado em geral e não possuem qualquer ligação com os dados operacionais da Boa Vista S.A.

As opiniões aqui expressas são independentes e de autoria da área de Indicadores e Estudos Econômicos da empresa, que não tem acesso às informações operacionais da Boa Vista S.A.

 


Buscar por período:

TAGS

Posts relacionados

Para BC, atividade econômica avança 0,59% em novembro, mas acentua queda na análise em 12 meses

Comentários: De acordo com o Banco Central, o indicador antecedente da atividade econômica (IBC-BR) avançou 0,59% em novembro na comparação mensal, de acordo com dados dessazonalizados. Com relação ao mesmo mês do ano passado houve queda de 0,83%.   No ano houve desaceleração da queda, passando de -5,01% até outubro para 4,63%, enquanto na análise…

Pedidos de falência avançam 12,7% em 2020

Os pedidos de falência avançaram 12,7% em 2020, na comparação com 2019, segundo dados com abrangência nacional da Boa Vista. No mesmo sentido, mantida a base de comparação, os pedidos de recuperação judicial e as recuperações judiciais deferidas aumentaram 13,4% e 11,1%, respectivamente. As falências decretadas também cresceram no ano, apontando variação de 1,9%. Em…

Consumidores veem piora da situação econômica do país em 2020, mas acreditam em cenário melhor em 2021

O consumidor brasileiro vê uma piora da economia nacional em relação a 2019, de acordo com pesquisa da Boa Vista, empresa que aplica inteligência analítica na transformação de informações para a tomada de decisões em concessão de crédito e negócios em geral, realizada com cerca de 400 consumidores de todo país. 77% dos entrevistados acreditam…