Confiança da indústria recua 0,7% em abril e atinge o menor nível desde agosto de 2020

Comentários:                                                                                                                

  • Segundo a Fundação Getúlio Vargas, o Índice de Confiança da Indústria (ICI) recuou 0,7% em relação a março, para 103,5 pontos, na série livre de influências sazonais.
  • Mantida a base de comparação anterior, o Índice da Situação Atual (ISA) recuou 1,3%, ao passo que o Índice de Expectativas (IE) caiu 0,2%.
  • Em relação ao mesmo período do ano passado (comparação interanual), o ICI, o ISA e o IE registraram altas de 70,2%, 61,4% e 72,4%, respectivamente.

Perspectivas:

  • Diferentemente dos indicadores de confiança do consumidor e do comércio, a confiança da indústria apresentou recuo no mês de abril, este já é o quarto mês consecutivo de queda do indicador, intensificando o desempenho ruim neste ano de 2021. Contudo, a queda da indústria ainda se encontra acima dos níveis observados antes da pandemia, isto porque o setor industrial ainda conta com fatores condicionantes favoráveis (juros baixos, disponibilidade de crédito e capacidade ociosa elevada).
  • Importante mencionar que a expressiva alta observada na variação interanual se deve a comparação com abril do ano passado, este que apresentou as maiores quedas desde o início da série histórica.
  • A confiança da indústria, assim como a economia como um todo, ainda está condicionada ao avanço do programa de imunização em massa no Brasil, a retomada do mercado de trabalho e dos demais setores econômicos, ao retorno do auxílio emergencial e, por fim, o progresso no combate do novo coronavírus.

  • A queda da confiança foi observada em 14 dos 19 segmentos industriais pesquisados e ainda se deve, sobretudo, à piora na percepção da situação atual, que acumula queda de 8,3% no ano, pelos empresários aliada a um movimento de acomodação das perspectivas para os próximos três a seis meses.
  • O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (NUCI) continua a apresentar baixa no período, passando de 78,3% em março para 76,7% em abril, já descontados os fatores sazonais, ficando abaixo da média histórica do indicador, de 79,5%.


Buscar por período:

TAGS

Posts relacionados

Informe Semanal – Fintechs e Bancos Digitais

Bancos Digitais O banco digital C6 Bank, criado em 2018 por ex-sócios do banco BTG pactual, anunciou na última sexta que atingiu a marca de 6 milhões de usuários no Twitter, segundo a empresa: “Do zero aos 6 milhões de C6 Lovers!”. Nubank, o maior banco digital brasileiro, anunciou a ferramenta de transferência de dinheiro…

Informe Matinal – 13.05.2021

  Brasil e Mercados O receio em relação à inflação americana já constava na última ata do Copom divulgada esta semana. Tal receio, em princípio, virou realidade. O índice de preços ao consumidor americano atingiu 4,2% no ano em abril, acima das projeções que apontavam para 3,6%. Isso repercutiu em vários mercados, o dólar subiu,…

BC confirma recuo da atividade econômica e aponta queda de 1,59% em março

Comentários:  • De acordo com o Banco Central, o indicador antecedente da atividade econômica (IBC-BR) recuou 1,59% em março na comparação mensal, de acordo com dados dessazonalizados. Com relação ao mesmo mês do ano passado houve alta de 6,26%. • Na análise do resultado acumulado em 12 meses o indicador apontou desaceleração da queda, passando…