PNAD: Taxa de desemprego encerra o ano em 11,6%

De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC), a taxa de desemprego caiu para 11,6% no trimestre móvel encerrado em dezembro de 2018. O resultado ficou 0,3 p.p. abaixo do registrado no trimestre de julho a setembro e 0,2 p.p. abaixo do mesmo período de 2017.

Em termos absolutos, a população desocupada totalizou 12,2 milhões (redução de 2,4% em relação ao trimestre anterior e queda de 0,9% na comparação com o último trimestre de 2017).

A população ocupada (PO) subiu 0,4% na comparação trimestral e 1,0% em relação ao mesmo período do ano anterior. Destacaram-se no trimestre os crescimentos nas posições “conta própria” (1,5%) e “empregador” (2,3%).

Ainda na comparação trimestral, as principais evoluções ocorreram em ocupações nos setores de Comércio (1,5%), Serviços (1,9%) e Transportes (3,4%). No sentido contrário, os setores de Agricultura e Indústria registraram queda no período, de 3,5% e 0,5%, respectivamente.

A População Economicamente Ativa (PEA) apresentou crescimento no trimestre (0,1%) e ampliou-se em 0,7% em relação ao mesmo período de 2017.

O rendimento médio habitual cresceu 0,6% ao longo de 2018.

O resultado de dezembro confirma a avaliação de que o mercado de trabalho segue bastante fragilizado, refletindo o ritmo fraco de recuperação da atividade e as incertezas ao longo de 2018. Para 2019, dado que as expectativas para o desempenho da economia seguem mais otimistas, a tendência é que o mercado de trabalho continue com sua recuperação, ainda que de forma lenta.


Buscar por período:

TAGS

Posts relacionados

Resultado do PIB revela queda de 1,5% no primeiro trimestre

Os dados do PIB do 1º trimestre, divulgados hoje pelo IBGE, reforçaram o cenário de fragilização da atividade econômica. No primeiro trimestre de 2020, o produto recuou 1,5% na comparação com os três últimos meses do ano passado, de acordo com dados dessazonalizados, interrompendo uma sequência de quatro trimestres de crescimentos consecutivos. Na comparação com…

Consumidores com aumentos frequentes em operações de crédito são mais propensos à inadimplência

Demanda por Crédito do Consumidor cai 24,4% em abril

A Demanda por Crédito do Consumidor recuou 24,4% em abril na comparação com março, já descontadas as influências sazonais, de acordo com dados nacionais da Boa Vista. No acumulado do ano o indicador caiu 11,7% contra o mesmo período do ano passado. Já no acumulado em 12 meses, o indicador passou para o campo negativo…

PNADC: Taxa de desemprego atinge 12,6% em abril

De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC) do IBGE, a taxa de desemprego avançou para 12,6% no trimestre móvel encerrado em abril. Estando 0,4 p.p. acima do registrado no mês anterior e 0,1 p.p. maior em relação ao mesmo período do ano passado (12,5%). Em termos absolutos, a população desocupada…