PNADC: Taxa de desemprego atinge 13,8% em julho, a maior marca desde o início da série histórica

De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC) do IBGE, a taxa de desemprego avançou para 13,8% no trimestre móvel encerrado em julho. Estando 0,5 p.p. acima do registrado no mês anterior e 2 p.p. maior em relação ao mesmo período do ano passado (11,8%).

Em termos absolutos, a população desocupada totalizou 13,1 milhões, sendo 2,7% maior do que o registrado em junho.

A população ocupada (PO), por sua vez, recuou 1,6% no mês e 12,3% em relação ao mesmo período do ano passado. Destacou-se, em julho, o recuo em 5 das 7 posições analisadas, com destaque para o “Empregado no setor privado com carteira” e o “Empregado no setor público”, que apresentaram baixas de 2,6% e 1,9%, respectivamente. Os setores que apresentaram crescimento foram os de “Empregado no setor privado sem carteira” e “Trabalhador familiar auxiliar”, ambos avançaram 0,6% e 1,8%, respectivamente.

Nos grupamentos por atividades, ainda na comparação mensal, 8 das 10 atividades apresentaram queda. As baixas mais expressivas do período ocorreram nos setores de “Alimentação”, ao recuar 5,4%, “Transportes” que diminuiu 4,1% e “Administração Pública” ao ceder 1,7%.

A População Economicamente Ativa (PEA) contraiu 1% na base mensal e 10,4% com relação ao mesmo período de 2019.

No acumulado em 12 meses, o rendimento médio habitual avançou para 3%.

O avanço mensal na taxa de desemprego confirma o mal desempenho do mercado de trabalho durante a pandemia do coronavírus. Com o resultado de julho, o desemprego atinge o maior nível desde o início da série histórica em 2012. O mercado de trabalho foi fortemente prejudicado pela crise, enquanto a economia não se recuperar como um todo, espera-se que o índice continue refletindo as adversidades do cenário atual e siga com seu ritmo de crescimento do desemprego ao longo de 2020.


Buscar por período:

TAGS

Posts relacionados

Empresas fontes têm papel fundamental na consolidação das informações que compõem Cadastro Positivo

Desde que o Cadastro Positivo passou a receber automaticamente, há pouco mais de um ano, informações de pagamento e dados cadastrais dos consumidores (pessoa física e pessoa jurídica), o Brasil aponta para uma nova perspectiva de desenvolvimento econômico. No entanto, para que possa beneficiar um número maior de consumidores, é preciso que mais empresas fontes…

Maioria das empresas está otimista com vendas da Black Friday em 2020

66% das empresas acreditam que as vendas da Black Friday em 2020 serão iguais ou superiores às de 2019, de acordo com pesquisa realizada pela Boa Vista, empresa que aplica inteligência analítica na transformação de informações para a tomada de decisões em concessão de crédito e negócios em geral, com 600 representantes dos setores do…