Brasil e Mercados
Economistas de mercado demonstraram grande preocupação com a inflação em reunião com os diretores do Banco Central. No geral, os economistas temem que uma inflação acima de 5% contamine as projeções de inflação para 2022. O IPCA já marca 6,76% e o IGP-M 32,02%, ambos, inclusive, com tendência de alta nos próximos meses, pressionados pelo custo da energia elétrica. Tardia, ou não, a preocupação é real. Existe um grupo, contudo, que acredita que a alta recente na inflação seja temporária, o que também faria sentido, dado que o país ainda está em crise e os atuais índices inflacionários tendem a intimidar a demanda agregada que, por sinal, tem sido revista para cima para este ano, com alguns apostando ainda em um “boom” de consumo após a vacinação.
Por falar em consumo, aquele que vem de fora tem contribuído muito na balança comercial. Na segunda semana de maio a balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 2,8 bilhões, sendo US$ 7,1 bilhões em exportações e US$ 4,3 em importações. No mês de maio o resultado é positivo em US$ 4,8 bilhões e no ano de US$ 23,0 bilhões.
No Japão, por outro lado, o PIB no 1º trimestre caiu 5,1% em comparação ao mesmo período do ano passado. A queda reverteu dois trimestres de alta e o governo apontou o avanço repentino do coronavírus como principal responsável. Vale ressaltar que o governo havia declarado estado de emergência entre os dias 8 de janeiro e 21 março, praticamente, durante todo o período analisado.
No Congresso atenções voltadas para o início da discussão da Medida Provisória (MP) 1.031/21, que trata sobre a privatização da Eletrobras, e votação pode começar hoje. Mas inclusão de dispositivo na MP pode dificultar ou até inviabilizar a privatização da empresa. As alterações podem tirar bilhões de indenizações que a empresa recebe desde 2013.
Os mercados europeus operam em alta hoje, assim como os futuros de NY.
Por aqui dólar abriu em queda de 0,12% , a R$ 5,2594 e o Ibovespa futuro em alta de 0,35%.
 
Crédito e Consumo
Juros, ainda baixos, e tecnologia criaram um ambiente fértil para as fintechs e, especialmente, as “proptechs” se disseminarem no mercado imobiliário. Elas atuam, por exemplo, no financiamento coletivo de empreendimentos e na negociação de ativos com pendências judiciais. Uma das mais conhecidas é a Loft, avaliada em US$ 2,2 bilhões numa rodada de captação em março.
O Mercado Livre vai investir R$ 4 bilhões em São Paulo, mais especificamente, os segmentos de logística e tecnologia serão prioridade. A empresa deve contratar 7.500 novos funcionários e isso faz parte do montante de R$ 10 bilhões a serem investido no país em 2021, 250% maior do que o investimento feito em 2020, refletindo um pouco da relevância do varejo online no país, mas, sobretudo, seu potencial.
 
Empresas
A plataforma de comércio eletrônico Mosaico, dona dos sites Buscapé e Zoom fechou o primeiro trimestre com prejuízo de R$ 54 mil, revertendo lucro de R$ 8,9 milhões do ano passado.
Após anos de prejuízo, a Gafisa voltou a registrar lucro. No 1º trimestre de 2021 o resultado foi positivo em R$ 13 milhões e as vendas da empresa aumentaram em 137%, para R$ 170 milhões.
A Getninjas, que estreou ontem na B3, reportou prejuízo de R$ 5,5 milhões no primeiro trimestre de 2021, ante lucro de R$ 222 mil um ano antes. A Cruzeiro do Sul Educacional teve lucro líquido de R$ 16,3 milhões no primeiro trimestre, revertendo o prejuízo de R$ 33,3 milhões de um ano antes. A Boa Safra Sementes teve prejuízo de R$ 2,8 milhões, ante lucro de R$ 1,8 milhão no mesmo período do ano passado.
 
Resumo de Indicadores




 
 
INDICADORES ECONÔMICOS