Vai às compras para o Dia dos Pais? Confira dicas de economia para manter as contas no azul

Com a proximidade do Dia dos Pais, muitos consumidores já estão se organizando financeiramente para a data e pesquisando as melhores opções de presentes. Para não correr o risco de gastar mais do que se pode, a melhor alternativa é colocar tudo na ponta do lápis, listando todos os ganhos e gastos. Para fazê-lo é simples: a Boa Vista disponibiliza uma planilha de orçamento doméstico para download gratuito, na qual é possível lançar os valores para o consumidor esquecer de nada.

Além disso, uma série de dicas, listadas a seguir, podem ajudar o consumidor a presentear os pais sem correr o risco de se endividar além do que cabe no seu orçamento.

Checar orçamento

O primeiro passo é avaliar o orçamento doméstico e definir um valor máximo a ser gasto com o presente. Isso evita que o consumidor compre um presente mais caro do que pode pagar, correndo o risco de ter seu nome negativado caso não consiga honrar com este pagamento.

Antecedência

Deixar para comprar o presente em cima da hora pode implicar o risco de não encontrar a opção desejada, sem contar que o consumidor terá pouco tempo para pesquisar preço e até pechinchar.

À vista ou a prazo

O consumidor deve ficar atento às informações sobre o preço à vista e a prazo, ao número de parcelas e às taxas de juros mensal e anual, que devem estar em local de fácil acesso na loja ou nos sites de compra, e sempre de forma clara. Se houver diferença entre o preço na vitrine e o preço fixado no produto, deve prevalecer o menor preço.

Troca de presente

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, a troca só é obrigatória se o produto apresentar defeito. Portanto, deve-se perguntar ao vendedor a possibilidade de troca caso a pessoa presenteada prefira trocar o presente. Se a resposta for afirmativa, o consumidor deve exigir a entrega de algum comprovante para que o pai possa fazer a troca do presente.

Compra na internet

É sempre necessário estar atento ao site e ao endereço eletrônico, que deve começar com https:// e precisa ter um cadeado de segurança ao lado esquerdo. Após realizar a compra, é importante salvar (ou imprimir) o comprovante, com a descrição do pedido. Sites estrangeiros e que não disponibilizam telefone, endereço e CNPJ devem ser evitados.

Arrependimento

Para compras em lojas online, o consumidor deve saber que terá o prazo de sete dias para cancelá-la, contados do recebimento do produto. Se esta for a decisão, todos os valores pagos devem ser restituídos, inclusive o frete. A forma de devolução do produto varia de acordo com a loja, que pode optar por retirar o item por meio de transportadora ou via Correios, por exemplo.

Restaurante

Pode ser uma boa opção de presente levar o pai para almoçar ou jantar num restaurante que ele goste.
Importante lembrar que o pagamento da taxa de 10% do garçom não é obrigatório. Se houver a cobrança dessa taxa, ela deve aparecer no cardápio e na nota fiscal de forma clara e precisa, inclusive discriminando o valor cobrado e a orientação sobre a cobrança ser opcional. O restaurante também deve comunicar previamente sobre as cobranças de couvert artístico.

É considerada abusiva a cobrança de multa pela perda da comanda. Isso porque é obrigação do restaurante registrar e controlar todos os itens consumidos pelos seus clientes.

Vale presente

Se o consumidor tem dúvidas do que comprar, pode optar por um vale presente, comprando o cartão na loja de preferência de seu pai. Assim ele próprio pode escolher o que quer levar para casa.

Para mais informações e dicas de Educação Financeira acesse: www.consumidorpositivo.com.br.


Buscar por período:

TAGS

Posts relacionados

Para BC, atividade econômica continua a apresentar queda na análise 12 meses, apesar do avanço mensal de 1,1%

Comentários:                                                                                                             …

Volume de Serviços avança 2,9% em agosto, mas acentua queda na análise em 12 meses

  Comentários:                                                                                                           …

IPCA avança 0,64% em setembro, sendo o maior resultado para um mês de setembro desde 2003

Comentários: De acordo com o IBGE, o IPCA registrou alta de 0,64% no mês de setembro. No 3° trimestre houve elevação em 1,24% e no ano o índice aponta alta de 1,34%. O resultado acumulado em 12 meses é de alta em 3,14% e o boletim Focus da última segunda-feira (05/10) mostra que a mediana…