Boa Vista aponta diminuição de consumidores que usarão o 13º salário para pagar dívidas

Cai o percentual de consumidores com direito ao 13º salário que irão usar a renda extra neste fim de ano para quitar dívidas (vencidas ou não). É o que constatou o recorte da pesquisa Hábitos de Consumo para o Natal e Ano Novo da Boa Vista, específico sobre o uso do 13º salário. Em comparação ao levantamento de 2018, houve uma queda de 45% para 33% no número de respondentes que irão usar o dinheiro do 13º salário para pagar as contas já existentes, ou seja, uma diminuição de 12 pontos percentuais (p.p.).

Também aumentou de 19% para 26% o percentual de consumidores que irão receber a gratificação e que pretendem guardar todo o dinheiro ou parte dele para pagar as contas do início do ano (IPTU, IPVA, matrícula escolar, entre outros); ou mesmo poupar para uma necessidade futura.

22% pretendem poupar os recursos. Destes, 21% pretendem poupar até 30% do valor recebido. 17% conseguirão guardar entre 30% a 50% do valor, e subiu de 26% para 31% aqueles que pretendem guardar mais de 50%. Em média os consumidores pretendem poupar até 38% do 13º salário.

Por outro lado, 31% dos entrevistados não conseguirão poupar nada, contra 37% registrados em 2018 e 33% em 2017.

Realizada com 1.300 entrevistados, em todo o Brasil, entre os meses de outubro e novembro, a pesquisa constatou que 75% dos consumidores irão receber o 13º salário este ano.

Essas e outras informações da pesquisa estão resumidas em infográfico. Para ter acesso clique aqui.

Metodologia

A pesquisa Hábitos de Consumo para o Natal e Ano Novo da Boa Vista tem como identificar os costumes de compras dos consumidores, suas preferências e formas de pagamento usadas para quitar uma compra. Com metodologia quantitativa, a pesquisa foi realizada entre os meses de outubro e novembro de 2019, com 1.300 consumidores que acessam o site Consumidor Positivo da Boa Vista www.consumidorpositivo.com.br e que também responderam aos seus questionários eletrônicos. Para a leitura dos resultados considerar 3% de margem de erro e 95% de grau de confiança.


Buscar por período:

TAGS

Posts relacionados

Reabertura com crédito

A flexibilização do comércio em diferentes regiões do Brasil traz incertezas na decisão de concessão de crédito. Diante deste cenário, a Boa Vista identificou um movimento de aceleração da adoção ao Cadastro Positivo pelas pequenas, médias e grandes empresas. Desde o início da pandemia, já somam mais de um milhão de consultas às soluções da…

IPCA avança 0,36% em julho, sendo o maior resultado para um mês de julho desde 2016

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) avançou 0,36% no mês de julho. No acumulado em 12 meses houve evolução para 2,31%, 0,18 p.p. acima da variação observada em junho.  Com esse resultado, o indicador acumulou alta de 0,46% no ano. O grupo Transportes (0,78%) foi o que registrou maior impacto positivo sobre o…

Pedidos de falência recuam 12,6% em julho

Os pedidos de falência caíram 12,6% em julho, na comparação com junho, segundo dados com abrangência nacional da Boa Vista. Mantida a base de comparação, os pedidos de recuperação judicial e as recuperações judiciais deferidas diminuíram 37,6% e 37,9%, respectivamente. Por outro lado, as falências decretadas registraram alta de 16,8% na variação mensal. Na análise…