Consumidores fizeram 15 milhões de autoconsultas de CPF no Portal Consumidor Positivo

A Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) atingiu a marca de 15 milhões de autoconsultas de CPF realizadas pelos consumidores brasileiros, em seu portal www.consumidorpositivo.com.br. Desde o lançamento desta inovação, em fevereiro de 2013, milhões de consumidores já utilizaram este serviço inteiramente gratuito e online, para saber qual a real situação de seu CPF – ou seja, se o nome está limpo no banco de dados do SCPC.

Segundo Dorival Dourado, presidente da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), o principal objetivo da autoconsulta de CPF pela internet, no portal Consumidor Positivo, é facilitar o acesso do consumidor a eventuais registros de débitos feitos por clientes da Boa Vista SCPC, por meio desta prestação de serviço público. E o interesse dos consumidores mostra o êxito da iniciativa. Os brasileiros podem consultar o nome/CPF em qualquer região do Brasil, com a praticidade da internet.

Em pesquisa recente realizada pela Boa Vista SCPC, nos postos físicos de atendimento ao público, 69% dos consumidores que lá estavam para fazer in loco a consulta de CPF disseram desconhecer a existência da autoconsulta gratuita. Assim, ainda há um número expressivo de pessoas, em todo o Brasil, que pode usufruir desta vantagem para exercer maior controle de sua situação financeira.

“Estamos satisfeitos com a aceitação da autoconsulta de débito, mas sabemos que ainda há muitos consumidores que podem desfrutar deste benefício”, explica Dorival Dourado.

Além da autoconsulta de CPF, o portal Consumidor Positivo possui diversos outros serviços como o SOS Cheques e Documentos, que registra gratuitamente um alerta no banco de dados sobre furto ou roubo de documentos ou cheques. Também há o serviço Meu Radar Pessoal, que monitora consultas feitas com o CPF do consumidor e o informa sempre que essas consultas são realizadas. Há ainda, informações, dicas e orientações sobre educação financeira e orçamento doméstico. Tudo com a intenção de ajudar o consumidor a colocar a vida financeira em dia, para realizar seus projetos com o devido planejamento.

Comentários

comentários

Posts relacionados

Consumidores dizem que gastarão menos neste Natal, mas valor médio dos gastos será 4,5% maior

14 de dezembro de 2018 – 72% dos consumidores disseram que gastarão menos dinheiro neste Natal e Fim de Ano, em relação ao ano passado, quando 75% tinham esta intenção. 11%, por sua vez, afirmaram que irão gastar mais, contra 9% em 2017. Por outro lado, o valor médio previsto com todos os gastos, por…

Vendas no varejo caem 0,4% em outubro

De acordo com a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) divulgada pelo IBGE hoje, o volume de vendas no Varejo restrito caiu 0,4% em outubro na comparação mensal com ajuste sazonal. No acumulado em 12 meses o indicador cresceu 2,7%. No acumulado do ano a evolução foi de 2,2% em relação a 2017. Avaliando as séries…

Boa Vista: PMC de outubro evidencia crise das grandes livrarias

Por trás da queda de 0,4% das vendas do varejo de outubro – após recuo de 1,3% em setembro, já descontados os efeitos sazonais –, há, de um lado, fatores pontuais, como os preços elevados dos combustíveis – que derrubaram novamente as vendas do setor – e a crise no ramo de livrarias, com fechamento…