Dez dicas da Boa Vista para aproveitar as vantagens das compras na Black Friday

16 de novembro de 2018 – Dia 23 de novembro acontece mais uma edição da Black Friday, data cada vez mais aguardada pelo varejo e consumidores brasileiros. Para quem pensa em aproveitar as vantagens e ir às compras nesta ocasião, a área de Serviços ao Consumidor da Boa Vista preparou algumas dicas que podem ajudar a garantir as melhores ofertas com muita tranquilidade.

1.    Acompanhe a variação de preços  
Ainda faltam alguns dias para a Black Friday. Por isso, aproveite para pesquisar bastante os preços dos produtos desejados e assim garantir que irá pagar mais barato na Black Friday.

2.    Planeje-se
Você verá promoções por todos os lados e a vontade de comprar imediatamente vai ser grande, afinal parecerá tudo muito vantajoso. Tome cuidado para não comprar por impulso, ou seja, antes de finalizar a pesquisa, e para não passar dos limites! Faça uma lista de compras que caiba no seu bolso e foque nela. O planejamento financeiro é fundamental.

3.    De madrugada é melhor
Na virada de quinta para sexta-feira, as lojas online atualizam suas páginas nesse período. Além disso, algumas grandes redes varejistas também fazem horário diferenciado permanecendo abertas durante a madrugada. Nesse período é possível conseguir produtos com maiores descontos (e concorridos), mas é preciso ser rápido porque o estoque costuma ser limitado.

4.    Cupons nunca são demais
Alguns sites oferecem cupons que podem ser usados nos produtos em promoção na Black Friday, ou seja, o desconto é ainda maior. Geralmente, você recebe esses cupons por e-mail ao se cadastrar nesses sites. Vale a pena acompanhar e utilizá-los!

5.    Prazo de entrega
Por conta da alta demanda no período, os prazos de entrega podem ser mais longos que o habitual. Se você precisa que o produto seja entregue até uma data específica planeje-se e avalie se a data de entrega se adequa à sua necessidade.

6.    Frete
Algumas lojas oferecem frete grátis a partir de uma faixa de preço, outras cobram frete em todos os produtos. É importante verificar o valor do frete e considerar se com a tarifa da entrega o produto continua com o preço atrativo.

7.    Formas de pagamento
Verifique as formas disponíveis no site e a reputação da loja, algumas lojas oferecem descontos para pagamento à vista ou facilitam o parcelamento. Analise qual se adequa melhor a sua situação, garantindo que as parcelas caibam no seu bolso

8.    Lojas falsas
Nesta época do ano surgem algumas lojas falsas que são criadas por criminosos com o intuito de aplicar golpes nos consumidores. Desconfie de preços muito abaixo dos ofertados nas demais lojas, e de lojas que não são tão conhecidas.

9.    Verifique informações básicas
Antes de finalizar a compra confira o CNPJ, Razão Social, endereço e telefones. Além disso, é bom dar uma olhada na reputação da loja nas redes sociais e buscadores de ofertas. Desconfie de sites que não ofereçam opção de pagamento com cartão de crédito. Como o processo para desvio de dados bancários pode ser complicado, criminosos podem optar por usar uma estratégia mais simples como pagamento via transferência bancária ou boleto. Dê preferência a portais que adotem endereços seguros (aparece HTTPS:// no início do endereço e/ou um cadeado no seu navegador). Um ótimo exemplo é o próprio site www.consumidorpositivo.com.br, mantido pela Boa Vista. Ao acessá-lo, você verá logo no início da barra de endereço que existe um cadeado. Preste atenção também para evitar sites falsos que imitam os verdadeiros.

10.    Salve as imagens de todas as telas 
Por garantia, faça cópias de cada etapa da compra. Para isso basta apertar a tecla Print Screen, colar em outro programa e salvar em algum lugar que fique fácil de localizar, posteriormente. Ter esses documentos em mãos valerá como prova, caso haja problemas com o pedido.

Para saber mais sobre educação financeira, como organizar o orçamento doméstico, limpar o seu nome do SCPC e até mesmo se cadastrar no Cadastro Positivo, acesse www.consumidorpositivo.com.br.

 

Comentários

comentários

Posts relacionados

Consumidores dizem que gastarão menos neste Natal, mas valor médio dos gastos será 4,5% maior

14 de dezembro de 2018 – 72% dos consumidores disseram que gastarão menos dinheiro neste Natal e Fim de Ano, em relação ao ano passado, quando 75% tinham esta intenção. 11%, por sua vez, afirmaram que irão gastar mais, contra 9% em 2017. Por outro lado, o valor médio previsto com todos os gastos, por…

Vendas no varejo caem 0,4% em outubro

De acordo com a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) divulgada pelo IBGE hoje, o volume de vendas no Varejo restrito caiu 0,4% em outubro na comparação mensal com ajuste sazonal. No acumulado em 12 meses o indicador cresceu 2,7%. No acumulado do ano a evolução foi de 2,2% em relação a 2017. Avaliando as séries…

Boa Vista: PMC de outubro evidencia crise das grandes livrarias

Por trás da queda de 0,4% das vendas do varejo de outubro – após recuo de 1,3% em setembro, já descontados os efeitos sazonais –, há, de um lado, fatores pontuais, como os preços elevados dos combustíveis – que derrubaram novamente as vendas do setor – e a crise no ramo de livrarias, com fechamento…