Até julho, movimento do comércio caiu 5,1% em 12 meses, diz Boa Vista SCPC

De acordo com os dados do varejo apurados pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), o Movimento do Comércio caiu 5,1% na avaliação dos valores acumulados em 12 meses (desde agosto de 2015 até julho de 2016 contra os 12 meses antecedentes). Na avaliação dos dados com ajuste sazonal, julho apresentou retração de 1,5% frente a junho. Já na comparação mensal contra o mesmo mês do ano anterior, houve queda de 1,7%, acumulando no ano 4,9% de queda, mantida a base de comparação.

Apesar das dificuldades que ainda permeiam o cenário econômico brasileiro, tais como juros elevados, mercado de trabalho em deterioração e inflação alta, na avaliação interanual os dados de julho repetiram a performance dos últimos 2 meses, com quedas mais amenas que as consolidadas até então. Caso o cenário mais benigno apontado pelas projeções de mercado se consolide, o atual movimento inflexão da tendência (valores acumulados em 12 meses) deverá ser mantido de modo consistente, recuperando gradativamente as vendas do setor para um patamar positivo já no primeiro trimestre de 2017.

Setores

Na análise mensal, dentre os principais setores, o setor de “Móveis e Eletrodomésticos” apresentou queda de 2,8% entre junho e julho, descontados os efeitos sazonais. Nos dados sem ajuste sazonal, a variação acumulada em 12 meses foi de -6,9%.

A categoria de “Tecidos, Vestuários e Calçados” caiu 2,6% no mês, expurgados os efeitos sazonais. Já na comparação da série sazonal, nos dados acumulados em 12 meses houve recuo de 7,7%.

A atividade do setor de “Supermercados, Alimentos e Bebidas” cedeu 0,3% no mês, na série dessazonalizada. Na série sem ajuste, a variação acumulada em 12 meses recuou 4,6%.

Por fim, o segmento de “Combustíveis e Lubrificantes” subiu 0,5% no mês – considerando dados dessazonalizados. Na série sem ajuste, a variação acumulada em 12 meses apresentou queda de 4,8%.

Abaixo segue a tabela contemplando os valores citados acima.

Metodologia

O indicador Movimento do Comércio é elaborado a partir da quantidade de consultas à base de dados da Boa Vista, por empresas do setor varejista. As séries têm como ano base a média de 2011 = 100, e passam por ajuste sazonal para avaliação da variação mensal. A partir de janeiro de 2014, houve atualização dos fatores sazonais e reelaboração das séries dessazonalizadas, utilizando o filtro sazonal X-12 ARIMA, disponibilizado pelo US Census Bureau.

A série histórica do indicador está disponível em: http://www.boavistaservicos.com.br/economia/movimento-comercio/


Buscar por período:

TAGS

Posts relacionados

Demanda por crédito do consumidor avança 1,2% em janeiro

A demanda por crédito do consumidor avançou 1,2% em janeiro na comparação com dezembro, já descontadas as influências sazonais, de acordo com dados nacionais da Boa Vista. Na comparação com janeiro de 2019, o indicador recuou 2,1%. Já no acumulado em 12 meses, houve avanço de 3,3%. Considerando os segmentos que compõem o indicador, o…

Dicas de como proteger os documentos no carnaval

No carnaval, infelizmente são muito comuns os furtos de documentos, cartões e celulares. Então, se o consumidor quer ir para a folia em lugares abertos e com muita gente, é preciso ficar atento. A Boa Vista oferece algumas dicas para que o consumidor possa aproveitar o carnaval com mais segurança e para tentar evitar algum…

Consumidores com aumentos frequentes em operações de crédito são mais propensos à inadimplência

Recuperação de crédito recua 3,9% em janeiro

O indicador de recuperação de crédito – obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplentes da base da Boa Vista – registrou queda de 3,9% em janeiro contra dezembro, já descontados os efeitos sazonais. No acumulado em 12 meses (fevereiro de 2019 a janeiro de 2020), o indicador recuou 2,9%. Já em…