Títulos protestados acumulam alta de 28,8% no ano, segundo Boa Vista SCPC

O número total de títulos protestados no país aumentou 28,8% no acumulado de 2016 até outubro em relação ao mesmo período do ano anterior, de acordo com os dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito).

Na comparação interanual, os títulos protestados aumentaram 81,9% e 52,2% em relação ao mês anterior. O valor médio dos títulos protestados para outubro foi de R$ 4.706.

A tabela 1 apresenta o resumo dos dados.

Títulos protestados de empresas por regiões

Quando analisados apenas os títulos protestados das empresas, no acumulado do ano o crescimento foi de 10,1%. Na variação interanual houve alta de 57,4% e na comparação mensal o aumento foi de 34,2%. A região Sudeste contribuiu com a maior parcela dos títulos protestados (56,7%), seguida pelas regiões Sul (24,1%), Nordeste (8,2%), Centro-Oeste (7,0%) e Norte (4,0%).

No acumulado do ano, a região Sudeste foi a que obteve o maior crescimento, de 19,8%. A região Nordeste, por sua vez, foi a que registrou maior queda (-2,9%).

O maior valor médio dos títulos protestados em outubro foi na região Sudeste (R$ 8.959), ante uma média nacional para pessoa jurídica de R$ 7.091. A tabela 2 mostra as variações nos protestos de títulos para as pessoas jurídicas entre as regiões do país para os diferentes períodos.

Nota metodológica

O indicador de títulos protestados da Boa Vista SCPC mostra a evolução da quantidade de registros de débitos decorrentes de protestos de títulos, informados por cartórios de protestos no referido mês.

A série histórica deste indicador inicia em 2006 e está disponível em:

http://www.boavistaservicos.com.br/economia/titulos-protestados


Buscar por período:

TAGS

Posts relacionados

Demanda por crédito do consumidor avança 1,2% em janeiro

A demanda por crédito do consumidor avançou 1,2% em janeiro na comparação com dezembro, já descontadas as influências sazonais, de acordo com dados nacionais da Boa Vista. Na comparação com janeiro de 2019, o indicador recuou 2,1%. Já no acumulado em 12 meses, houve avanço de 3,3%. Considerando os segmentos que compõem o indicador, o…

Dicas de como proteger os documentos no carnaval

No carnaval, infelizmente são muito comuns os furtos de documentos, cartões e celulares. Então, se o consumidor quer ir para a folia em lugares abertos e com muita gente, é preciso ficar atento. A Boa Vista oferece algumas dicas para que o consumidor possa aproveitar o carnaval com mais segurança e para tentar evitar algum…

Consumidores com aumentos frequentes em operações de crédito são mais propensos à inadimplência

Recuperação de crédito recua 3,9% em janeiro

O indicador de recuperação de crédito – obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplentes da base da Boa Vista – registrou queda de 3,9% em janeiro contra dezembro, já descontados os efeitos sazonais. No acumulado em 12 meses (fevereiro de 2019 a janeiro de 2020), o indicador recuou 2,9%. Já em…