Número de novas empresas sobe 8,5% no 1º trimestre

O número de novas empresas cresceu 8,5% no 1º trimestre frente ao mesmo período do ano passado, segundo levantamento da Boa Vista com abrangência nacional. Na comparação com o quarto trimestre de 2019 o crescimento foi de 13,5%. Já no resultado acumulado em quatro trimestres o indicador apresentou elevação de 16,5%.

Forma jurídica

Na classificação por forma jurídica, a variação interanual mostrou aumento de 12,6% nas aberturas para MEIs e redução de 5,8% nos demais tipos de empresas.
Já em termos de composição, as MEIs representaram 81,7% dos casos no 1º trimestre. No mesmo trimestre do ano anterior a participação dessas empresas era um pouco menor, de 78,8%.

Setores

Quando analisada a composição das novas empresas por setores, o levantamento mostrou que o setor de Serviços atingiu 62,5% de representatividade no 1T20, estando maior que os 61,2% observados no mesmo período 2019.
Mantida a base de comparação, o Comércio apresentou leve queda na participação, recuando para 29,7% (-0,2 p.p.). No mesmo sentido, a Indústria caiu para 6,7% (-1,1 p.p.).

Regiões

Na comparação com o trimestre encerrado em março de 2019, todas as regiões registraram aumento das aberturas no 1T20. As Regiões Norte (19,6%) e Sul (13%) foram as que registraram maior crescimento, como pode ser visto no gráfico 4.

Metodologia

O levantamento é realizado trimestralmente pela Boa Vista a partir das novas empresas registradas na Receita Federal, considerando todo o território nacional.


Buscar por período:

TAGS

Posts relacionados

Resultado do PIB revela queda de 1,5% no primeiro trimestre

Os dados do PIB do 1º trimestre, divulgados hoje pelo IBGE, reforçaram o cenário de fragilização da atividade econômica. No primeiro trimestre de 2020, o produto recuou 1,5% na comparação com os três últimos meses do ano passado, de acordo com dados dessazonalizados, interrompendo uma sequência de quatro trimestres de crescimentos consecutivos. Na comparação com…

Consumidores com aumentos frequentes em operações de crédito são mais propensos à inadimplência

Demanda por Crédito do Consumidor cai 24,4% em abril

A Demanda por Crédito do Consumidor recuou 24,4% em abril na comparação com março, já descontadas as influências sazonais, de acordo com dados nacionais da Boa Vista. No acumulado do ano o indicador caiu 11,7% contra o mesmo período do ano passado. Já no acumulado em 12 meses, o indicador passou para o campo negativo…

PNADC: Taxa de desemprego atinge 12,6% em abril

De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC) do IBGE, a taxa de desemprego avançou para 12,6% no trimestre móvel encerrado em abril. Estando 0,4 p.p. acima do registrado no mês anterior e 0,1 p.p. maior em relação ao mesmo período do ano passado (12,5%). Em termos absolutos, a população desocupada…